Rússia

Festival de Cinema de Cannes vai barrar delegações russas

O evento Acontece entre 17 e 28 de maio

CinemaCinema - Foto: Sabine Lange/Pixabay

O Festival de Cannes planeja rejeitar delegações oficiais russas e também "não aceitará a presença de qualquer órgão relacionado ao governo russo", enquanto durar a invasão da Ucrânia por parte de Moscou - anunciaram seus organizadores, em um comunicado divulgado nesta terça-feira (1º).

"Decidimos, a menos que a guerra de agressão seja interrompida com condições satisfatórias para o povo ucraniano, não receber delegações oficiais procedentes da Rússia, nem aceitar a presença de qualquer órgão relacionado ao governo russo", informou o festival de cinema mais importante do mundo, que acontece entre 17 e 28 de maio.

Vale lembrar que a primeira edição do evento deveria ter ocorrido em 1939 e estreado em 1º de setembro, dia da invasão da Polônia pela Alemanha, portanto, foi cancelada. Dois dias depois, a França e o Reino Unido declararam guerra à Alemanha, adiando por alguns anos os planos dos organizadores.

"Fiel à sua história, que começou em 1939 resistindo às ditaduras fascistas e nazistas, o Festival de Cannes estará sempre a serviço dos artistas e profissionais do cinema, cujas vozes se erguem para denunciar a violência, a repressão e as injustiças, e para defender a paz e a liberdade", destaca o comunicado do festival.

Veja também

BBB 24: Tadeu pede mudança em sorteio de Prova do anjo para evitar acusações de trapaça
BBB 24

BBB 24: Tadeu pede mudança em sorteio de Prova do anjo para evitar acusações de trapaça

Equipe de Wanessa Camargo se manifesta após desclassificação: "Jogo acabou"
BBB 24

Equipe de Wanessa Camargo se manifesta após desclassificação: "Jogo acabou"