Saudosismo

Festival Nacional da Seresta: programação desta quarta-feira (25) é cancelada

Festival, que começaria logo mais às 20h, inicia programação nesta quinta-feira (26), em decorrência das chuvas que afetam o Recife nas últimas 12 horas

Wanderléa, cantoraWanderléa, cantora - Foto: Reprodução/Instagram

O Festival Nacional da Seresta teve a programação desta quarta-feira (25) cancelada, em decorrência das fortes chuvas que assolam o Recife, em especial desde as últimas 12 horas.

O evento, marcado para logo mais na Praça do Arsenal, Bairro do Recife, segue com a agenda de shows desta quinta-feira (26), sexta-feira (28) até o sábado (28), dia do encerramento - confira serviço abaixo.

Iriam se apresentar hoje, Mozart, The Rossi, Almir (Ex-Fevers) e Wanderléa. De acordo com Daniel Bueno, produtor do Festival, as programações dos demais dias seguem normalmente. "Se houver alguma alteração, a inclusão de artistas de hoje para amanhã, o público será avisado".

O FESTIVAL
Que (ouse) atirar a primeira pedra quem nunca cantou em alto e bom som frases de efeitos disfarçadas pela ‘pieguice’ das músicas açucaradas. Ao leitor que discorre por essas linhas, se humano for, por natureza é também um romântico inveterado – condição natural para quem nasce com um coração pulsante.

E em se tratando das gerações de outrora movidas a rostos colados e declarações sussurradas, pelos próximos quatro dias a partir de hoje, o espaço para sentir-se à vontade com os próprios sentimentos será o Bairro do Recife, precisamente a Praça do Arsenal, local que vai aconchegar o retorno do Festival Nacional da Seresta em sua 26ª edição, após dois anos de ausência em face da pandemia da Covid-19.

No palco, atrações locais e nacionais vão amenizar (ou não) as dores do amor de um público sôfrego por cantorias entoadas por nomes como Adilson Ramos, Gilliard, Wanderléa e Joanna, esta, “habituê da seresta”, segundo ela própria.

Joanna, uma romântica
“Voltar ao Recife depois desse jejum de dois anos é absolutamente emocionante, rever pessoas, sentir o calor humano é visceral. Sou uma habitué da seresta por me encaixar perfeitamente no espírito da proposta romântica da noite, e acabo sempre fechando o festival.

(...) No fundo, nós todos somos filhos dessa influência, e principalmente aqueles que escolheram serem porta voz do romantismo estão atrelados a essa vertente deliciosa de cantar as dores e amores de mundo”, enalteceu a cantora carioca Joanna em conversa com a Folha de Pernambuco

Joanna traz no repertório do sábado (28) clássicos de carreira e hits indispensáveis a corações doloridos, entre eles “Espumas ao Vento”, composição do pernambucano Accioly Neto e de Fernando Mendes ela entoa “Você Não Me Ensinou a Te Esquecer”.



“Toda palavra cantada tem seu norte, na minha vida cresci com essa missão, levá-la a muitos corações espalhados pelo mundo. Existem determinadas canções que espelham bem isso na minha trajetória”, complementou ela que, em estúdio, tem trabalhado com novidades “para voltar com toda força” e também está envolvida em um projeto itinerante Brasil afora, com clássicos da música nacional “de Noel a Cazuza”. “Tem também parceria com outra diva da MPB e outras das boas décadas de 1980/1990 que ainda é surpresa”, contou.

Para celebrar Augusto César
Dentro da programação do festival – realizado pela Prefeitura do Recife, via Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura da Cidade – o público vai ser tomado também pela emoção da saudade por um dos nomes cativos do evento, Augusto César - que morreu em 2021por problemas agravados pela Covid-19.
 

Cantor Augusto CésarCantor Augusto César morreu por complicações da Covid-19 em 2021

Ele, que participou da última edição em 2019, será celebrado pelo filho Gutto César, que promete seguir a escalada, em menção a um dos arroubos musicais do pai, a música “Escalada” (1996).

“A emoção vai ser muito grande, vou precisar me concentrar demais nesse show que vai ser um tributo a ele, a quem eu acompanhava nos palcos desde os 13 anos para depois tocar ao lado dele aos 17 até a sua partida”, contou Gutto também em conversa com a Folha.
 

WhatsApp Image 2022 05 24 at 14.59.52 2Gutto César                      Crédito: Betto Sabino

Aos 37 anos, e com sobrenome de peso na música romântica local, o segundo filho de quatro deixados pelo cantor Augusto César, pretende trilhar a herança romântica do pai, que estará em um trabalho que será lançado em breve. “Vai ser um disco com algumas inéditas, mas também com canções dele, que fará participação especial”.

Programação

Quinta-feira (26)

20h - Esquenta Seresta

21h - Mevinha Queiroga 

22h30 - Gilliard  

0h - Adilson Ramos

 

Adilson Ramos, cantorCantor Adilson Ramos encerra a noite de seresta desta quinta-feira (26)

Sexta-feira (27)

20h - Esquenta Seresta  

21h - Gutto César (tributo a Augusto César)

22h30 - Márcio Gomes (tributo a Agnaldo Timóteo)

0h - Fernando Mendes 

 

Fernando Mendes, cantor e compositorCantor Fernando Mendes encerra a noite de seresta desta sexta-feira (27)

Sábado (28)

20h - Esquenta a Seresta

21h - Leonardo Sullivan 

23h - Tenor Igor Mateus

1h - Joanna
 

Serviço

26ª edição do Festival da Seresta do Recife

Praça do Arsenal (Bairro do Recife), de hoje até o sábado (27), a partir das 20h

Acesso gratuito

Veja também

Elenco da próxima trama global das 21h começa preparação
Novela

Elenco da próxima trama global das 21h começa preparação

Festival Varilux de Cinema Francês segue com programação no Recife
Cinema

Festival Varilux de Cinema Francês segue com programação no Recife