Cultura+

Forró pé de serra de Mestre Gennaro invade a Sala de Reboco

Show traz clássicos do Trio Nordestino e conta com a participação especial do Trio Vinil/ Canavieros

Mestre Gennaro construiu elementos para tocar unicamente na sua sanfonaMestre Gennaro construiu elementos para tocar unicamente na sua sanfona - Foto: Divulgação

Quem dançou muito forró com o Trio Nordestino na década de 70 poderá, neste sábado (4), às 21h, na Sala de Reboco, no bairro do Cordeiro, no Recife, matar a saudade com o sanfoneiro alagoano que tocava ao lado de Luiz Gonzaga, Dominguinhos e dividiu o palco com Zé Ramalho e Marinês.

Trazendo os sons que marcaram o forró pé de serra, Mestre Gennaro entra com o Trio Vinil/Canavieiros para resgatar a sonoridade das composições que consagraram a cultura nordestina e, pela primeira vez em público, toca com peças instrumentais que construiu unicamente para a sanfona.

Leia também:
Mistura de ritmos no São João de Petrolina: Elba, Ivete, Safadão e Alok


Em espetáculo inédito, com couvert no valor de R$ 20, o sanfoneiro autodidata dá continuidade à carreira solo que iniciou em 1992.

Veja também

André Mussalem exalta sonoridades brasileiras, com repertório autoral em novo disco
Música

André Mussalem exalta sonoridades brasileiras, com repertório autoral em novo disco

Sob regência do maestro Nenéu Liberalquino, Banda Sinfônica do Recife retorna aos palcos
Concerto

Sob regência do maestro Nenéu Liberalquino, Banda Sinfônica do Recife retorna aos palcos