Frevo cinquentão: oficina ensina a redescobrir a própria dança

Professor e dançarino Otávio Bastos, criador do Método 'Mexe com Tudo', abre novas turmas da oficina de Frevo Cinquentão, menos acrobático que o tradicional

Otávio Bastos está no universo do frevo há 25 anos e defende a liberdade de expressão em cada corpoOtávio Bastos está no universo do frevo há 25 anos e defende a liberdade de expressão em cada corpo - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Tesoura, parafuso, dobradiça, ferrolho, pontilhado, saci-pererê... A coreografia do frevo encanta e, a muitos, intimida e cansa só de olhar. Mas há quem diga que o frevo é mais democrático que isso.

Segundo o professor e dançarino Otávio Bastos, que é discípulo do célebre Nascimento do Passo, existem vários estilos dentro do frevo: da chamada "ginástica do passo", essa que exige preparo físico e é mais difícil de ser executada, mesclando saltos e posições rentes ao chão; ao "carancolado", que se concentra na porção mais baixa; e o chamado "cinquentão", técnica criada por Nascimento, que se inspirou em pessoas mais velhas (que às vezes não conseguiam mais realizar tantas acrobacias, mas mantinham suas "mungangas" e seu prazer em dançar).

Leia também:
Canal do YouTube 'Mexe com tudo' mostra as particularidades do frevo
Cepe lança três livros sobre Carnaval no Paço do Frevo
Flaira Ferro subverte Recife com frevo-rock do single ‘Revólver’


Do alto de seu 1,93m de altura e atuando na área há mais de 25 anos, Otávio é a personificação da ideia de que não existe um único tipo físico "adequado" ao frevo. Mas ele vai além e criou o método "Mexe com Tudo", que vem divulgando através de seu premiado canal de YouTube (no ano passado, venceu o Prêmio Ayrton Almeida de Carvalho, na categoria de promoção e difusão do patrimônio cultural).

Método de Otávio Bastos se inspira no Frevo Cinquentão, criado por seu mestre Nascimento do Passo,

Método de Otávio Bastos se inspira no Frevo Cinquentão, criado por seu mestre Nascimento do Passo, - Crédito: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Otávio vai abrir duas turmas para uma oficina prática no Paço do Frevo, começando desta segunda-feira, 25 de março, e seguindo até 16 de maio. Às segundas e quartas, ou nas terças e quintas-feiras, das 19h às 20h30, qualquer pessoa entre 16 e 65 anos poderá experimentar como é frevar.

"Muito do que se vivencia na dança é feito pensando no olhar do outro. A ideia nesse curso é encontrar prazer no seu corpo em movimento, sem necessidade de validação exterior. Quando a gente se adapta ao que o outro deseja, e isso hoje em dia é cada vez mais comum devido às redes sociais, acaba se desconectando daquilo que realmente é", avalia Otávio, acrescentando que muitas vezes o julgamento mais cruel é feito pelas pessoas em relação a elas mesmas. "Há quem não suporte se enxergar refletido nos espelhos da sala. Então, uma das vivências que iremos realizar será dançar de luz apagada", adianta.

A experiência proposta por Otávio é de estímulo à inclusão e à criatividade, sem limites de peso ou idade. A ideia é que, respeitando seus próprios limites, cada aluno (re)descubra sua própria dança, deixando de lado padrões relativos à estética ou à forma "certa" de se expressar. As vagas são limitadas, e estão abertas a quem tem ou não vivência anterior no frevo.  As inscrições devem ser realizadas através deste link.

Serviço:
Oficina com Otávio Bastos - "Método Mexe com Tudo (Frevo Cinquentão)"

Paço do Frevo (praça do Arsenal da Marinha, s/nº, Bairro do Recife)
Investimento: R$ 240 por oito encontros, de 25 de março até 16 de maio
Informações: (81) 3355-9500

 

Veja também

Lipe Ribeiro vence pela terceira vez 'Prova de Fogo' em 'A Fazenda'
Reality

Lipe Ribeiro vence pela terceira vez 'Prova de Fogo' em 'A Fazenda'

Carlinhos Brown: frio na barriga para fases ao vivo do Voice Brasil
Televisão

Carlinhos Brown: frio na barriga para fases ao vivo do Voice Brasil