Frevo

Fundaj oficializa Concurso Nordestino do Frevo

Inscrições seguem até dia 30 de junho; Vencedores serão anunciados em 14 de setembro, Dia Nacional do Frevo

FrevoFrevo - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

A Fundação Joaquim Nabuco lançou oficialmente o Concurso Nordestino do Frevo nesta sexta-feira (18) através de coletiva online. O certame, que abriu inscrições desde o fim de maio, segue até o dia 30 de junho como prazo para encerrramento. A entrega dos prêmios acontecerá no Dia Nacional do Frevo, 14 de setembro.

Durante o lançamento, houve apresentação de parte da Orquestra de Frevo Maestro Duda, homenageado do concurso, e diretor musical do certame e da Comissão Julgadora, composta por Edson Silva, Lino Madureira, Renato Phaelante e pelos maestros Ademir Araújo e Edson Rodrigues. “É com grande prazer, simpatia e gratidão que eu vejo essa homenagem a mim nesse primeiro concurso feito pela Fundaj. Fico muito lisonjeado e agradecido, é muito boa a oportunidade para o frevo e para a música nordestina”, comentou Maestro Duda.

Na busca de homenagear o carnaval e todos os artistas que fazem dessa a maior festa popular de Pernambuco e do país, o presidente da Fundaj, Antônio Campos, acredita que que este tipo de ação valoriza a cultura no geral. “Queremos que o Concurso Nordestino do Frevo apresente novos talentos da nossa música e seja um brinde à cultura da região. Em 2021 não tivemos carnaval, mas é fundamental que a arte continue transformando vidas e seja um incentivo à economia criativa", disse. 

Inscrições e premiações

O edital retificado está no site da Fundaj e conta com informações sobre as exigências, orientações e etapas de avaliação. Os candidatos devem preencher um formulário eletrônico e anexar os materiais e documentações específicas da categoria. As inscrições poderão ser realizadas pelo site da www.fundaj.gov.br. Dúvidas e informações referentes ao certame podem ser esclarecidas através do e-mail [email protected]

Para se inscrever no Concurso Nordestino de Frevo, o compositor deve ser residente em um dos nove estados do Nordeste e apresentar músicas inéditas já com os arranjos. Serão premiados 12 artistas em seis categorias, com até R$ 10 mil. Uma das categorias é o Hino da Turma da Jaqueira Segurando o Talo. “Para os diretores da Troça Carnavalesca Turma da Jaqueira Segurando o Talo foi motivo de alegria e honra ter uma das modalidades do Concurso Nordestino de Frevo destinada a um novo hino da agremiação dos Servidores da Fundação Joaquim Nabuco, hoje uma das maiores agremiações do Carnaval pernambucano”, comemorou o presidente da troça, Edson Silva, que também é um dos jurados do concurso.

"No concurso que a Fundação Joaquim Nabuco promove, o propósito extrapola o reconhecimento do frevo como patrimônio: quer revelar as novas leituras e releituras dessa forma de música e dança. O frevo é atemporal, isso significa que não se limita ao período de carnaval, é algo perene.", ressalta o diretor da Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte (Dimeca) da Fundaj, Mário Hélio.

Categorias e premiações:

Melhor Frevo de Rua - 1º lugar: R$ 10 mil; 2º lugar: R$ 8 mil; 3º lugar: R$ 6 mil

Melhor Frevo de Bloco - 1º lugar: R$ 10 mil; 2º lugar: R$ 8 mil; 3º lugar: R$ 6 mil

Melhor Frevo Canção - 1º lugar: R$ 10 mil; 2º lugar: R$ 8 mil; 3º lugar: R$ 6 mil

Melhor Intérprete - 1º lugar: R$ 6 mil

Melhor Arranjo - 1º lugar: R$ 4 mil

Hino da Turma da Jaqueira Segurando o Talo - 1º lugar: R$ 10 mil

Veja também

Fundo internacional Hubert Bals Fund está com inscrições abertas
Audiovisual

Fundo internacional Hubert Bals Fund está com inscrições abertas

História de Marielle Franco é retratada em HQ
Homenagem

História de Marielle Franco é retratada em HQ