A-A+

Galo da Madrugada brilha mais uma vez; veja fotos

Tradicional desfile do Sábado de Zé Pereira contou com muita animação, criatividade e música nas ruas do Centro do Recife

Milhares de foliões brincaram o Galo da MadrugadaMilhares de foliões brincaram o Galo da Madrugada - Foto: Alexandre Aroeira / Folha de Pernambuco

Mesmo com dia nublado ao amanhecer, o sol apareceu pra brilhar junto ao Galo da Madrugada na manhã deste Sábado de Zé Pereira (22). Pela 43ª vez, o maior bloco do mundo desfilou pelas ruas do Centro do Recife. Homenageado no bloco e pelos foliões, o artista J. Borges ganhou destaque.

Com intuito de homenagear seu conterrâneo de Bezerros, o comerciante Márcio Fernando da Silva, vestiu-se em homenagem ao cordelista. “Eu sou pernambucano de Bezerros e J. Borges é um filho da cidade. Foi ele que levou xilogravura para o mundo inteiro”, enfatizou.

Leia também:
Galo promete arrastar 2 milhões de pessoas pelas ruas centrais do Recife
Otto, Mombojó e Orquestra Contemporânea comandam a festa em Olinda neste sábado
Carnaval do Recife tem programação infantil a partir deste domingo; confira atrações

A festa do Galo era pra todos. Camarote, pipoca ou até mesmo acompanhar a festa dentro do rio Capibaribe com catamarãs, lanchas e barcos. Segundo a foliã Maria Jussara, o momento é para celebrar. “É a festa aberta a todos. E hoje minha fantasia descreve o que desejo para hoje e sempre. Amor, paz e muita felicidade nesse Carnaval”, destacou.

Maria Jussara aproveitou bastante o Galo da Madrugada

Maria Jussara aproveitou bastante o Galo da Madrugada - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco

Presente no primeiro trio do desfile, o cantor Almir Rouche levantou os primeiros instantes da festa. Acompanhado de sua filha, Beatriz Rouche, o artista levou de Frevo a brega-funk para o percurso. “Recife é a capital do Frevo e do brega. Eu achei muito massa a iniciativa de ter a Musa Priscila Sena na abertura do Carnaval [nessa sexta-feira (21), no Marco Zero]. A gente precisa aplaudir. Isso tudo é cultura do nosso Estado”, contou Almir. Além de Almir Rouche, subiram aos trios Elba Ramalho, Nena Queiroga, Fafá de Belém, Romero Ferro e muitos outros. 

Problemas técnicos no trio da cantora Gerlane Lops atrasaram em cerca de uma hora a saída dos outros trios. Antes da dispersão, na rua do Imperador, Geraldinho Lins fez a festa da multidão ao cantar os maiores sucessos do Carnaval e, principalmente, do Galo. Logo depois, o cantor Pabllo Vittar, fantasiado de ‘coelhinha da playboy’, não decepcionou, entoou seus maiores hits e passou uma mensagem de respeito.

“Não só no Carnaval, mas no ano inteiro é momento de passar mensagem de respeito, de aceitação. Estou muito feliz de trazer essa mensagem para o maior bloco do mundo'', falou.

Depois, os foliões se dispersaram, mas a animação não cessou. O casal Jennefer Almeida e Wildner Gomes chegaram às 10h para festejar e, seis horas mais tarde, a disposição para dançar ainda estava acesa. “A energia não acaba. O Galo é uma coisa única e tem que ser aproveitado”, celebrou Jennefer.

No próximo Carnaval, em 2021, o Galo da Madrugada irá desfilar em 13 de fevereiro.

Segurança
Em nota, a Secretaria de Defesa Social (SDS-PE) informou que o desfile transcorreu “dentro da normalidade, e o folião brincou com tranquilidade na região central do Recife”. Ainda no comunicado, foi apontado que houve registro de alguns incidentes de violência, porte de armas ou drogas. Ao todo, o efetivo chegou a 4.445 para garantir a folia dos pernambucanos e turistas.

Um balanço mais detalhado dos números de casos policiais durante o Carnaval será emitido pela pasta na próxima quinta-feira (27).

Veja também

Aprenda como publicar uma foto no Instagram pelo computador
TUTORIAL

Aprenda como publicar uma foto no Instagram pelo computador

Noiva recusa voto de submissão ao casar e viraliza
VIRAL

Noiva recusa voto de submissão ao casar e viraliza