Grande Encontro Reggae Roots celebra o ritmo da Jamaica

Festival ocorre, nesta terça-feira (20), no Pátio de São Pedro, reunindo músicos de diversas gerações

Marcelo Santana, Ívano e Valdi AfonjahMarcelo Santana, Ívano e Valdi Afonjah - Foto: Guinné/Divulgação

Com o objetivo de celebrar e conceder uma maior visibilidade ao reggae dentro do circuito musical da Cidade, o Pátio de São Pedro recebe hoje o Grande Encontro Reggae Roots PE, reunindo três dos maiores nomes da cena local. Marcelo Santana, Ívano e Valdi Afonjah apresentam ao público seus maiores sucessos, a partir das 19h. Wagner Staden, produtor do evento, comenta a necessidade de realizar um festival desse porte. "A gente deseja que com esse Grande Encontro o reggae tenha mais um reforço na busca pelo seu reconhecimento. Ainda acontece muita discriminação com quem faz e com quem escuta o ritmo", afirma. A abertura do show fica por conta do músico Eric Gabinio, integrante de uma nova leva de artistas que estão executando o atual momento do reggae no Estado.

Leia também:
Livro 'Vozes Transcendentes: Os novos gêneros na música brasileira' traz vivências de cantores LGBT
Cultura do machismo está em todos gêneros musicais


"É importante um festival como este porque aproxima gerações, o reggae de ontem e o de hoje" diz Marcelo Santana, que há mais de 20 anos se dedica não só ao ritmo jamaicano como também à MPB. Nascido e criado no bairro de Casa Amarela, Zona Norte do Recife, Marcelo também cita a importância social que o gênero possui nas periferias. "Segue sendo um movimento de libertação, e é legal observar que a internet tem um papel fundamental nisso, ajudando na divulgação de trabalhos dos artistas" comenta o artista, que vê na cena atual do gênero musical um movimento com boas ideias.

Porém Ívano revela uma preocupação com novos músicos que não compõem suas próprias canções e optam por apenas realizar tributos a artistas consagrados. "Não há problema nenhum em cantar músicas do Bob Marley em show, por exemplo, mas precisa escrever suas próprias canções". Ívano, que desde a década de 1970 é parte atuante na difusão do reggae em Pernambuco, reforça o coro de insatisfação de profissionais da música que não possuem seus trabalhos incentivados pelo poder público. "O preconceito é enorme, e os cachês pequenos. Eles pensam que acontece muita confusão nas apresentações, enquanto é a tranquilidade que reina".
Ainda sobre a produção atual de músicas acontecendo na cidade, Valdi Afonjah também reitera a importância de composições próprias dos artistas, tendo inclusive o próprio Valdi como um dos músicos que irá lançar álbum novo esse ano. "A produção constante de faixas ou disco chama atenção dos organizadores, dos produtores. A cena só se move assim", aponta. Autodidata, Valdi gravou quatro álbuns desde a década de 1980. "Esse resgate da cultura é tão urgente e necessário, é uma honra fazer parte disso", finaliza.

Serviço:
Grande Encontro Reggae Roots PE
Quando: hoje, a partir das 19h
Onde: Pátio de São Pedro, Santo Antônio, Recife
Acesso gratuito

Veja também

Após Márcio Gomes e Gloria Vanique, CNN Brasil contrata Carla Vilhena
Telejornalismo

Após Márcio Gomes e Gloria Vanique, CNN Brasil contrata Carla Vilhena

Ana Maria Braga passa por cirurgia na mão para tratar síndrome do túnel do carpo
Televisão

Ana Maria Braga passa por cirurgia na mão para tratar síndrome do túnel do carpo