Gravações de "A costureira e o cangaceiro" seguem até próxima terça

Longa é baseado no livro homônimo da pernambucana Frances de Pontes Peeble

Ato foi pacífico e ocorreu durante fala do prefeito do Recife no eventoAto foi pacífico e ocorreu durante fala do prefeito do Recife no evento - Foto: Keila Vieira/Divulgação

As gravações de "A costureira e o cangaceiro" devem seguir no Recife até o dia 8 de novembro. Hoje, a equipe gravou cenas do longa - dirigido por Breno Silveira, com roteiro de Patrícia Andrade - na casa de festas Barrozo, que fica na rua da Aurora. Quem passa pelo local pode ver o figurino e um carro de época usado no longa. São cerca de 70 pessoas mobilizadas no trabalho, que poderá ser visto em 2017 no cinema e, posteriormente, na televisão, em formato de minissérie.

"A costureira e o cangaceiro" é protagonizado pelas atrizes Marjorie Estiano e Nanda Costa e pelo ator Rômulo Estrela, e tem ainda outros nomes como Ângelo Antonio e Júlio Andrade. O enredo conta a história de duas irmãs que vivem separadas, uma no Recife (Emília, personagem de Marjorie) e outra no cangaço (Luzia, personagem de Nanda). A produção de passa na década de 1930. A produção é da Conspiração Filmes e a distribuição, da Globo Filmes.

Livro
O filme é baseado no livro homônimo, escrito por Frances de Pontes Peebles, e se passa no município de Taquaritinga do Norte, em Pernambuco. Emília e Luzia aprendem desde cedo o ofício da tia, a melhor costureira da região até que tomam rumos diferentes: enquanto Luzia entrar para um bando de cangaceiros e vive com eles no sertão, Emília casa-se e realiza o sonho de morar na Capital.

Veja também

Ex de Dudu diz que teve caso com Gusttavo Lima quando era casado
famosos

Ex de Dudu diz que teve caso com Gusttavo Lima quando era casado

Programa do Ratinho volta a ter plateia de 30 pessoas testadas para Covid-19
televisão

Programa do Ratinho volta a ter plateia de 30 pessoas testadas para Covid-19