Ataque virtual

Hackers invadem lançamento virtual de e-book de Cida Pedrosa

Evento era transmitido no Google Meet e YouTube. Organização lamentou o episódio

Poeta Cida PedrosaPoeta Cida Pedrosa - Foto: Rick Rodrigs/Divulgação

O lançamento virtual do e-book de poesias "Estesia", de Cida Pedrosa (PCdoB), foi invadido na plataforma Google Meet, na noite dessa quinta-feira (3). Segundo a organização do evento, a invasão foi feita por "hackers bolsonaristas, em claro ataque à literatura, à arte e a liberdade de expressão". 

Os invasores chegaram à sala do Google Meet através de um link divulgado no YouTube, onde o evento era transmitido pelo canal oficial da autora. Em entrevista à reportagem, Cida Pedrosa afirma que o mais assustador no ocorrido é que foi "um ataque organizado". "Eles conseguiram entrar na nossa apresentação e reproduzir mensagens de violência. Conseguiram desligar nossos microfones e passar barulhos de rajada de metralhadoras, colocaram pessoas dançando com músicas de violência e gritavam 'mito', que a gente era comunista, essa coisa toda", relata a autora.
 

Com mensagens como "eu sou imparável" e "não me venham com ladainha", o grupo tentou atrapalhar o lançamento do livro. Participavam do evento nomes expressivos como Amélia Reinaldo, Lourival Holanda, Sidney Rocha e Clécia Pereira, além da vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos.

 

Invasão virtualMensagens com ofensas e ameças foram publicadas
pelos invasores (Foto: Reprodução)


Cida conta ainda que cerca de 20 pessoas participaram do ataque, sendo duas mulheres, fato que a surpreendeu. "Me surpreendeu porque havia duas mulheres no grupo. Fechamos a sala e resolvemos fazer somente a live no YouTube", completou a autora. 

"Tem uma música de Caetano Veloso que diz que devemos ficar atentos e fortes. Temos que estar atentos e forte para a luta, lutar pela democracia, que é o bem maior, pela liberdade", finalizou Cida Pedrosa. 

Em publicação em seu perfil no Instagram, o deputado federal João Paulo (PCdoB), mostrou solidariedade a Cida Pedrosa. "Diante do ataque, solidarizo-me com minha camarada Cida e com sua luta pelo Recife e pela cultura. É preciso deixar claro que ações desse tipo não inibem nossa jornada em defesa da democracia e da liberdade de expressão", disse o parlamentar.

"Estamos prontos para enfrentar as adversidades e o obscurantismo de um governo que estimula a barbárie e a falta de respeito em relação à diversidade de pensamento", completou João Paulo.

Em nota, a organização pediu desculpa a quem tentou acessar o lançamento e não conseguiu, além de emitir uma agradecimento especial pela audiência. "O ato nos convocou à resistência e a manter-nos mais atentos e fortes", diz trecho da nota.

O lançamento continuou com um novo link no Google Meet compartilhado apenas por WhatsApp aos interessados no evento. Toda a renda do livro será revertida para a campanha "Doe amor, distribua alimentos", da União Brasileira de Mulheres.

Estesia
"Estesia", décima obra da carreira de Cida Pedrosa, registra 40 poemas curtos e fotografias realizadas durante passeios ao redor de sua casa, em companhia do seu cão, Bob Marley.

Veja também

Renata Sorrah será a nova vilã da continuação de 'Verdades Secretas'
Streaming

Renata Sorrah será a nova vilã da continuação de 'Verdades Secretas'

Morre icônico jornalista dos EUA Larry King, de Covid-19
Coronavírus

Morre icônico jornalista dos EUA Larry King, de Covid-19