Homem da Meia-Noite animou o Bairro do Recife, neste domingo

O calunga foi a estrela da programação cultural e trouxe 12 passistas e mais 20 músicos

Homem da Meia-NoiteHomem da Meia-Noite - Foto: Arthur Mota/ Folha de Pernambuco

O Homem da Meia-Noite, o calunga mais místico e charmoso do Carnaval pernambucano, foi a estrela da programação cultural do Bairro do Recife, neste domingo (5). O cortejo da agremiação fez parte da programação do Paço do Frevo, que promove arrastões mensais pelo bairro. A concentração da folia foi no Marco Zero, às 15h30, e a saída do bloco foi às 16h.

Leia também:
Frevo cinquentão: oficina ensina a redescobrir a própria dança


Muita gente se programou para acompanhar o desfile do calunga. “Vi no Instagram do Homem da Meia-Noite que teria o desfile aqui e me programei. É a primeira vez que vejo de perto o calunga mais famoso do Brasil”, disse animada a encarregada de RH, Letícia Farias, 32 anos. “Participo do bloco desde o começo, não podia faltar”, contou Tabida Fernandes, 68. Havia gente que já estava saudoso por mais um desfile. “É uma maravilha. O Homem da Meia-Noite deveria vir mais vezes por aqui”, clamava Neide Rufino, 64.

“Recebemos esse convite do Paço do Frevo e não poderíamos deixar de abraçar essa ideia e estar aqui no Recife trazendo o Homem da Meia-Noite para encantar esse povo”, afirmou o presidente da agremiação, Luiz Adolpho. Além dele o bloco colocou na rua 12 passistas e mais 20 músicos que fizeram centenas de visitantes do bairro cantar e frevar.

Veja também

Mick Fleetwood, do hit 'Dreams', segue tendência e vende os direitos de todas as suas músicas
Música

Mick Fleetwood, do hit 'Dreams', segue tendência e vende os direitos de todas as suas músicas

Experimento cênico-digital 'Se eu não vejo' ganha nova temporada
Online

Experimento cênico-digital 'Se eu não vejo' ganha nova temporada