Cultura+

Homem é demitido após negar existência de Papai Noel em show infantil

"De qualquer forma, Papai Noel não existe"

Deputado federal Silvio Costa Filho (PRB), em entrevista à Rádio FolhaDeputado federal Silvio Costa Filho (PRB), em entrevista à Rádio Folha - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O maestro de um espetáculo infantil apresentado nesta semana em Roma foi demitido após negar, diante das crianças, a existência do Papai Noel, desencadeando uma polêmica nas redes sociais.

"De qualquer forma, Papai Noel não existe": com esta frase, pronunciada ao fim do musical adaptado do filme infantil "Frozen", Giacomo Loprieno deixou as crianças boquiabertas na quinta-feira (29).

De acordo com informações divulgadas pela imprensa italiana neste sábado, a página no Facebook dos organizadores do evento, "Dimensione Eventi Torino", foi inundada por queixas dos pais.

"O que aconteceu esta noite é uma vergonha (...) Espero que este 'senhor' seja demitido e lamento tê-lo aplaudido", escreveu, por exemplo, Oberto Bevilacqua.

Os organizadores acabaram com a polêmica substituindo o maestro por outro músico, cuja foto foi publicada na página do Facebook em companhia do Papai Noel.

Não se sabe o motivo pelo qual Loprieno falou tal frase para as crianças.

Veja também

Justiça determina penhora de cachês de Belo para quitar dívida de R$ 1 milhão após cancelar show
turnê

Justiça determina penhora de cachês de Belo para quitar dívida de R$ 1 milhão após cancelar show

"Realeza" no batidão: atores de "Bridgerton" falam das experiências em visita ao Rio de Janeiro
STREAMING

"Realeza" no batidão: atores de "Bridgerton" falam das experiências em visita ao Rio de Janeiro

Newsletter