Homem é demitido após negar existência de Papai Noel em show infantil

"De qualquer forma, Papai Noel não existe"

Deputado federal Silvio Costa Filho (PRB), em entrevista à Rádio FolhaDeputado federal Silvio Costa Filho (PRB), em entrevista à Rádio Folha - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O maestro de um espetáculo infantil apresentado nesta semana em Roma foi demitido após negar, diante das crianças, a existência do Papai Noel, desencadeando uma polêmica nas redes sociais.

"De qualquer forma, Papai Noel não existe": com esta frase, pronunciada ao fim do musical adaptado do filme infantil "Frozen", Giacomo Loprieno deixou as crianças boquiabertas na quinta-feira (29).

De acordo com informações divulgadas pela imprensa italiana neste sábado, a página no Facebook dos organizadores do evento, "Dimensione Eventi Torino", foi inundada por queixas dos pais.

"O que aconteceu esta noite é uma vergonha (...) Espero que este 'senhor' seja demitido e lamento tê-lo aplaudido", escreveu, por exemplo, Oberto Bevilacqua.

Os organizadores acabaram com a polêmica substituindo o maestro por outro músico, cuja foto foi publicada na página do Facebook em companhia do Papai Noel.

Não se sabe o motivo pelo qual Loprieno falou tal frase para as crianças.

Veja também

Henrique Albino lança 'Música Tronxa', seu primeiro álbum
Música instrumental

Henrique Albino lança 'Música Tronxa', seu primeiro álbum

'Dentro da minha pele' aborda o racismo cotidiano no Brasil
Documentário

'Dentro da minha pele' aborda o racismo cotidiano no Brasil