MÚSICA

Hugo e Guilherme falam sobre 'Mal feito', parceria com Marília Mendonça

Dupla sertaneja que ficou cinco dias como primeiro vídeo em alta no YouTube também atribui à vacinação contra Covid-19 o retorno gradual aos palcos

Hugo e Guilherme, dupla sertanejaHugo e Guilherme, dupla sertaneja - Foto: Reprodução/Instagram

A dupla sertaneja Hugo e Guilherme, que lançou na última sexta-feira o hit "Mal feito", em parceria com a rainha do feminejo, Marília Mendonça, revelou ao Globo suas impressões sobre a canção, bem como suas lembranças do dia em que a gravaram.

"A gente já vinha estudando essa música há muitos anos. Essa parceria estava marcada para setembro do ano passado. O que me deixa muito feliz é que estávamos muito felizes naquele dia. A Marília foi para assistir à gravação do DVD, não só participar. Ela era muito fã do Guilherme. Nesse dia a gente pôde contemplar a beleza do sorriso dela. Para ela, era um evento. Ela dizia que tinha que ter uma roupa diferente, achava que não estava tão bonita quanto deveria", lembrou Hugo.

Outro momento emocionante que ficou marcado na memória de ambos foi quando a cantora lhes entregou o prêmio de Diamante Duplo, diante das mães deles, pelo sucesso “Coração Na Cama”, ao ultrapassar 210 mil plays. O DVD “Próximo Passo” conta ainda com participações de Gusttavo Lima e Jorge & Mateus.

Diferentemente do caso de Naiara Azevedo, que atualmente está no "BBB 22", a colaboração com Marília Mendonça de Hugo e Guilherme teve o aval da família da artista e já virou hit antes mesmo de seu lançamento oficial. Em 7 de novembro, o "Fantástico", da TV Globo, divulgou um trecho com exclusividade, de forma que espectadores salvaram-no e compartilharam-no nas redes sociais, de forma que virou trend no TikTok.

"A gente cantou ("Mal feito") ao vivo em Campo Grande (MS) um mês antes do lançamento. Como passou um trecho no "Fantástico", as pessoas tiveram contato com a música, ela deu uma estourada no TikTok, então naquele dia o pessoal tudo já sabia a música. A gente já cantou depois do lançamento também em Minas Gerais. Eram quase 5 mil pessoas lá e parecia que a casa ia cair", contou Guilherme.

E foi justamente esse contato com o público o que a dupla mais sentiu falta durante os quase dois anos de interrupção dos shows presenciais devido à pandemia.

"Como a música é tudo na minha vida, o show é a cereja do bolo. Sem os shows, nós não somos nada. Passamos momentos difíceis demais, mas graças a Deus temos voltado a fazer o que agente ama. Acho que essa é a melhor sensação possível. Pra mim, sempre foi a maior alegria da minha vida.", disse Hugo.

"Ficamos praticamente dois anos sem sentir o calor das pessoas. Sentimos muita falta. Fiquei com a cabeça ruim. A gente ama ter esse contado com o público", acrescentou Guilherme.

Para os cantores, o avanço da vacinação no país é o principal catalisador desse retorno dos espetáculos ao vivo e a cores, lembrando que o setor artístico foi o primeiro a parar suas atividades e o último a voltar. Guilherme tirou um momento na conversa por telefone para deixar uma mensagem ao público sobre a importância da vacinação contra a Covid-19.

"Com a vinda da vacina, a gente tá percebendo isso (volta dos shows presenciais) e as pessoas têm que começar a perceber também que a vacina não impede a infecção pelo vírus, mas é feita para diminuir as mortes e os casos graves. E isso tem abaixado entre os vacinados A vacinação ajudou a gente a voltar a trabalhar", destacou, lembrando que as medidas sanitárias variam de cidade para cidade, dependendo da condição da doença em cada lugar.

Hugo, que já foi conhecido no cenário musical por seu nome civil, Spártaco, concordou com o amigo, que se chama, na verdade, Matheus — nome que, aliás, acabou não sendo usado, pois, já havia vários Matheus no sertanejo — contou a dupla, de forma bem-humorada.

"Sou 100% a favor da vacinação. É o que a ciência tem até o momento".

Com quase 5 milhões de ouvintes mensais no Spotify e mais de 400 milhões de streamings na mesma plataforma, Hugo e Guilherme já conquistaram com "Mal feito" o 2º lugar em lançamento global de 14 a 16 de janeiro, ultrapassando Avril Lavigne, Muse e Chris Brown. No Youtube, onde somam mais de 1 bilhão de visualizações nos vídeos publicados no canal oficial, o single, divulgado na sexta-feira, dia 14, ultrapassou 11 milhões de visualizações, além de ter ficado cinco dias como primeiro vídeo em alta no site.

Veja também

Juliette e Xuxa se encontram no Recife para gravação de série
Famosos

Juliette e Xuxa se encontram no Recife para gravação de série

Vangelis, compositor da trilha sonora de 'Blade Runner', morre aos 79 anos
Luto

Vangelis, compositor da trilha sonora de 'Blade Runner', morre aos 79 anos