justiça

Justiça acata denúncia de estupro contra Prior e marca julgamento

Os relatos dão conta de crimes praticados nos anos de 2014, 2016 e 2018

Felipe Prior, ex-BBBFelipe Prior, ex-BBB - Foto: Reprodução/Instagram

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) acatou uma acusação de estupro contra o arquiteto e ex-BBB Felipe Antoniazzi Prior e determinou que a audiência de instrução e julgamento do caso ocorra em 10 de maio de 2021.

O ex-participante do reality show da TV Globo é alvo de duas denúncias de prática de estupro e uma de tentativa de estupro. Os casos foram revelados em abril deste ano pela revista Marie Claire.

"Verifico que as provas que instruem a denúncia demonstram a materialidade do crime e suficientes indícios a atribuir autoria. Não é caso de rejeição liminar, portanto, recebo a denúncia", afirma o juiz Luiz Guilherme Angeli Feichtenberger em sua decisão.

Os relatos dão conta de crimes praticados nos anos de 2014, 2016 e 2018 -os dois mais recentes teriam ocorrido durante jogos universitários promovidos por faculdades de arquitetura e urbanismo de São Paulo. Nenhuma das vítimas registrou boletim de ocorrência à época dos acontecimentos por medo. Felipe Prior nega todas as acusações.

Em agosto deste ano, a 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Paulo concluiu o inquérito policial do caso e pediu seu arquivamento. O Ministério Público de São Paulo, no entanto, optou por apresentar denúncia naquele mesmo mês.

O relatório policial final, assinado pela delegada Maria Valéria Pereira Novaes de Paula Santos, pontuava que o exame de corpo de delito de uma das vítimas identificou "uma laceração de primeiro grau no lábio esquerdo da vagina", mas que a lesão poderia "ocorrer em acidentes, durante os partos, inclusive uma relação sexual mais intensa".

Em julho deste ano, após a exposição dos casos, uma quarta suposta vítima procurou a delegacia para prestar depoimento, mas seu relato nem sequer foi considerado pelo relatório policial.

Nas redes sociais, Prior se manifestou sobre o caso afirmando ser inocente e que jamais cometeu violência sexual. "O que me deixa mais chateado é saber que depois que eu entrei na casa [Big Brother Brasil] as pessoas apresentaram uma denúncia pesada contra mim. Os meus advogados estão tomando todas as providências", disse.

A defesa das vítimas é feita pelas advogadas Juliana de Almeida Valente e Maíra Machado Frota Pinheiro.

Veja também

Após desfalcar The Voice Kids, Claudia Leitte volta como jurada em versão sênior do programa
disputa musical

Após desfalcar The Voice Kids, Claudia Leitte volta como jurada em versão sênior do programa

Com A Fazenda, Record fica à frente da Globo pela terceira vez em uma semana
televisão

Com A Fazenda, Record fica à frente da Globo pela terceira vez em uma semana