Lenine e o holandês Martin Fondse lançam CD e DVD de parceria musical

'A Ponte' tem como tema o lugar metafísico de troca entre as culturas holandesa e pernambucana

Roberto Freire foi um dos maiores defensores do impeachment de DilmaRoberto Freire foi um dos maiores defensores do impeachment de Dilma - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Dentre tantas pontes que marcam a arquitetura de Amsterdã e do Recife, faltava uma que ligasse as duas cidades. Colonizada pela Holanda entre 1630 e 1654, a Capital pernambucana reverbera até hoje a cultura do país europeu que trouxe diversidade e dinamicidade ao Estado. Por isso, a ponte como lugar metafísico de troca entre essas duas culturas é o tema do projeto “A Ponte”, do pernambucano Lenine e do holandês Martin Fondse, que circula o mundo desde 2013 promovendo um diálogo entre as linguagens dos dois músicos e em 9 de outubro ganha o CD e DVD “The Bridge: Lenine & Martin Fondse Live at Bimhuis”, cujo material audiovisual é dirigido por Flora Pimentel.

“Em decorrência desses três anos na estrada, a gente achou que esse projeto merecia uma materialidade”, explicou Lenine sobre o longo tempo de atividade do projeto, que ainda não chegou a ser apresentado em Recife. “Na verdade, a gente tinha sido convidado para fazer esse espetáculo na MIMO de Olinda, do ano passado, mas ela foi cancelada. Fazia parte do nosso plano incluir isso no DVD, mas acabou não acontecendo. Agora fica cada vez mais esporádico, porque estou envolvido em outros projetos simultaneamente”, adiantou o músico, que gravou o material ao vivo na emblemática casa holandesa Bimhuis, em 2015.

Apesar de ser acompanhado há cerca de vinte anos pela banda formada por Pantico Rocha, Guila, JR Tolstoi e, mais recentemente, Bruno Giorgi, Lenine abre mão da zona de conforto para ser acompanhado pela Martin Fondse Orchestra, que rearranja alguns títulos da sua carreira. “As escolhas foram feitas depois de um papo que tive com Martin, quando nos conhecemos. Pensamos em canções que pudessem se adaptar aquele universo dele, algumas que tinham mais lamento, algumas que tinham a ver com as duas culturas. Tem a ver com uma passionalidade que nós dois temos”, comenta Lenine, que chegou a fazer faixas já planejando a sua execução com o holandês. É o caso de “O Universo na Cabeça do Alfinete”, composta em parceria com Lula Queiroga e que faz parte do seu disco mais recente “Carbono”, lançado em 2015.

Apesar de se tratar de um dos álbuns mais pesados do pernambucano, “Carbono” entre períodos de apresentação de “A Ponte” e equilibra a dureza do rock com e delicadeza orquestral de faixas como “O Universo na Cabeça do Alfinete”. “Fiz essa música pensando no Martin, já estava imaginando o relevo sonoro que a Orchestra tem”, revelou ele, que conta com a participação dos holandeses na gravação da faixa para o álbum.

De “Carbono” também entra no repertório do projeto “A Causa e o Pó”, que ganha mais organicidade sob o arranjo dos holandeses. Outras canções, como “Chão”, por exemplo, é relida por um viés mais experimental, evidenciando que a Martin Fondse Orchestra explora o formato para concerto de maneira pouco convencional. Composições que se tornaram clássicos, como “Paciência”, “Hoje eu quero sair só” e “Leão do Norte” também estão no trabalho revigoradas pelo amplo arsenal de instrumentos da orquestra, que não chegam a ofuscar a assinatura de Lenine ao violão.

O filão de sucessos também revela a força do cantor fora do País, que é acompanhado pela plateia que enche a casa de Amsterdã. Além do registro audiovisual do show, o DVD também conta com extras, que incluem imagens de bastidores e entrevistas com Lenine e Martin Fondse.

No material, os dois reconstroem a origem do projeto, que começou a partir da sugestão de Wim Westerveld, diretor artístico do festival Music Meeting, que acontece em Nijmegen, onde o curador tinha interesse de levar a parceria. “Geralmente acontece o contrário: se grava o CD primeiro e depois os shows. A gente fez a turnê primeiro e coroou com essa gravação no Bimhuis. O desafio, você só objetiva, o melhor da festa nem fica impressa no disco ou DVD, porque é intransferível. Eu tenho uma passionalidade, por isso essa entrega em tudo o que eu faço”, conclui.

Veja também

Recifense participa do 'Bar Aberto', reality de coquetelaria da Band
TV ABERTA

Recifense participa do 'Bar Aberto', reality de coquetelaria da Band

Neymar lista famosas com quem já ficou e diz que Cleo é um sonho desde a infância
Celebridades

Neymar lista famosas com quem já ficou e diz que Cleo é um sonho desde a infância