'Lia': Labão surpreende Raquel e avisa que Jacó se casará com Lia

Labão chega com Bila e diz que a serva ajudará no banquete da festa

Bruna Pazinato é Lia em 'Lia'Bruna Pazinato é Lia em 'Lia' - Foto: Munir Chatack/Record TV

Nesta quinta-feira (28) em "Lia": Labão acredita em Raquel e humilha Lia. O tempo passa e Lia se apaixona por Jacó. Ela esconde este sentimento em seu interior, sabendo que Raquel é a escolhida do coração do rapaz. Apenas Zilpa é capaz de perceber o drama da amiga. Eliabe e Hananias ficam insatisfeitos com a presença de Jacó, mas Labão alerta os filhos dizendo que se trata de mão de obra para ajudá-los nas tarefas. Sempre gentil, Jacó consegue contornar as situações para não se indispor com os parentes. Lia o ajuda nas tarefas e no trato com as pessoas. Jacó e Raquel seguem cada vez mais apaixonados. Raquel sente ciúmes ao ver Jacó conversando com Lia.

Leia também:
'Lia': Lia não suporta e parte para a briga com Raquel


Ele se surpreende ao notar seus ciúmes e a enaltece, tratando Lia como uma pobre coitada. Lia se sente rejeitada. Jacó pede Raquel em casamento. Labão diz que Jacó terá que trabalhar sete anos para conseguir a mão de sua filha. Revoltado com a perda da pretendente, Saul tem um embate com Jacó. Ele se decepciona com Raquel. Os anos se passam e chega o dia do casamento de Raquel e Jacó. Laila diz para Labão que o rapaz levará Raquel depois de casarem. Zilpa é violentada por Eliabe e Hananias. Labão compra a serva Bila. Jacó estranha ao ver Zilpa na companhia dos rapazes. Labão chega com Bila e diz que a serva ajudará no banquete da festa. Lia se queixa da maneira como Raquel trata Zilpa. Jacó se entende com Saul. Labão surpreende Raquel e avisa que Jacó se casará com Lia.

Veja também

Morre o ator e diretor de teatro Carlos Reis, conhecido por interpretar Jesus na Paixão de Cristo
Luto

Morre o ator e diretor de teatro Carlos Reis, conhecido por interpretar Jesus na Paixão de Cristo

'Luca', da Pixar, é visto como uma alegoria gay ao mostrar amizade de dois adolescentes
Animação

'Luca', da Pixar, é visto como uma alegoria gay ao mostrar amizade de dois adolescentes