"Líquido" é o novo disco de Tibério Azul

O álbum revela um artista em ascensão. O resultado é um trabalho maduro e rico em influências

Evolução fluida na música e na vida Evolução fluida na música e na vida  - Foto: Fabiano Cafure/Divulgalção

 

Foram seis anos, uma mudança de cidade e a chegada de uma filha até que Tibério Azul lançasse o disco “Líquido”, sucessor de “Bandarra” (2011). O período de hiato, no entanto, fez bem, e o novo álbum é uma competente coleção de canções pop, alternativas na medida, e até jazzísticas.

“Compor um disco, pra mim, é como escrever um livro. Parto de um princípio poético que me agrade e então crio situações e personagens”, conta Tibério, em entrevista à Folha de Pernambuco. Recifense, o músico trocou a manguetown pelo Rio de Janeiro, onde foram gravadas as vozes de “Líquido”.

Mesmo de longe, ele acompanha com entusiasmo os lançamentos da nova cena musical pernambucana: “Gosto não só como artista, mas também como consumidor de arte, o tipo de música que se faz no Recife é único”.

No Rio, Tibério gravou todas as vozes do novo disco, com a parte instrumental sendo gravada no Recife, sob a produção de Yuri Queiroga. Com nove faixas, o disco tem participações especiais de Clarice Falcão, Pedro Luís e os pianistas Vítor Araújo e Zé Manoel.

Sobre o hiato entre os dois álbuns, Tibério relata: “Nesse tempo eu virei pai, isso é uma experiência transformadora, então conscientemente decidi dar uma parada e me dedicar integralmente àquilo. Mas nunca deixei de compor, o conceito deste disco, por exemplo, começou ainda em 2012”.

“Líquido ou A Vida Pede Mais Abraço Que Razão” foi lançado nas plataformas digitais no fim de fevereiro, ganhando agora lançamento em CD. Paralelo ao disco, Tibério lança também o livro “Líquido ou O Homem Que Nasceu Amanhã”, que apesar de partir da inspiração, trata-se de uma obra diferente.

Os lançamentos serão seguidos do início da turnê, em São Paulo, nesta sexta-feira (31). Tibério pretende ainda trazer o repertório de “Líquido” ao Recife, mas ainda sem data.

 

Veja também

Shopping Patteo Olinda recebe exposição de veículos em miniatura
Colecionadores

Shopping Patteo Olinda recebe exposição de veículos em miniatura

Música pernambucana: artistas independentes unem o melhor das músicas local e internacional
Música

Música pernambucana: artistas independentes unem o melhor das músicas local e internacional