Mais Brasil no Festival de Berlim

Laís Bodanzky concorre com o filme “Como Nossos Pais”, e Sávio Leite com o curta “Vênus - Filó, a Fadinha Lésbica”

Laís Bodanzky está no evento com “Como Nossos Pais”Laís Bodanzky está no evento com “Como Nossos Pais” - Foto: Divulgação

Dois outros filmes brasileiros foram selecionados para integrar o Festival de Berlim deste ano, que ocorre entre os dias 9 e 19 de fevereiro: o longa-metragem “Como Nossos Pais”, de Laís Bodanzky, e o curta “Vênus - Filó, a Fadinha Lésbica”, de Sávio Leite.

O novo filme de Bodanzky (reconhecida como diretora de “Bicho de Sete Cabeças”, de 2001, e “As Melhores Coisas do Mundo”, de 2010, entre outros longas-metragens) conta a história de uma mulher em conflito sobre a maneira como cria seus filhos, suas metas profissionais e a relação problemática com a mãe - o elenco conta com Maria Ribeiro.

Já o curta de Sávio é uma animação inspirada em um poema de mesmo nome escrito por Hilda Hilst, que fala sobre uma fada que se vestia como rapaz para enganar mocinhas. Estão ainda na programação do festival “No Intenso Agora”, de João Moreira Salles, e “Joaquim”, do pernambucano Marcelo Gomes, sobre Tiradentes.

Veja também

Geraldo Luis: dinamismo e entrevistas curtas na Record
Televisão

Geraldo Luis: dinamismo e entrevistas curtas na Record

Atriz Sophie Charlotte lamenta a morte do pai: 'Coração dilacerado'
Celebridades

Atriz Sophie Charlotte lamenta a morte do pai: 'Coração dilacerado'