A-A+

Mark Ruffalo diz que produtor quase abandonou a Marvel por falta de diversidade

"Esse foi um ponto de virada para a Marvel. Agora, temos heróis gays, heróis negros, mulheres", disse o ator

Ator Mark RuffaloAtor Mark Ruffalo - Foto: Reprodução/Instagram

Mark Rufallo, 52, disse que o atual produtor e presidente da Marvel, Kevin Feige, 46, quase saiu da companhia por achar que ela não promovia a diversidade em seus filmes de super-heróis.

Em entrevista ao jornal The Independent, Rufallo afirmou que a atitude de Feige foi transformada para a Marvel - o que acabou impactando os filmes da franquia. "Esse foi um ponto de virada para a Marvel. Agora, temos heróis gays, heróis negros, mulheres", disse.

Leia também:
Filha de Martin Scorsese provoca o pai e embala presente com papel da Marvel
Kevin Feige diz que filmes da Marvel se tornaram melhores com avanço da representatividade
Keanu Reeves é cotado pelos estúdios Marvel e DC para interpretar próximo herói no cinema


Conhecido por viver Bruce Banner (Hulk) nas telefonas, o ator relembrou o momento em que Feige ameaçou abandonar a empresa. "Quando fizemos 'Vingadores', Kevin me disse: 'Olha, talvez eu não esteja aqui amanhã. Ike Perlmutter (dono da maior parte da Disney na época) não acredita que alguém assistiria um filme com uma mulher super-heroína. Então se eu estiver aqui amanhã, ganhei essa batalha."

Em recente vinda ao Brasil para a CCXP 2019, o produtor e presidente da Marvel Studios reforçou o foco dos estúdios na diversidade e representatividade com os filmes de super-heroínas. "O sucesso de 'Capitã Marvel' neste ano só prova que a audiência quer ver isso. Há 50% de mulheres nas Terra e 50% de homens na Terra. Queremos que os filmes reflitam isso."

Ao site F5, Kevin Feige -que até o momento já produziu uma bilheteria mundial de 14 bilhões de dólares- afirmou que os fãs da Marvel devem esperar por bastante diversidade nesta nova fase da franquia. "Os Eternos", que estreia em novembro deste ano tem no elenco Angelina Jolie e Kit Harington, remonta as origens do universo e dos humanos, antes mesmo de "Os Vingadores".

O grupo de dez heróis também mantém a ideia da nova era, sendo cinco homens e cinco mulheres em protagonismo. "O que vocês viram nesses últimos dois ou três anos e o que vocês com certeza verão nos próximos anos é uma contínua diversidade. Com o elenco em frente às câmeras, mas tão importante quanto, com os cineastas atrás das câmeras."

O próximo filme da Marvel vai contar a história da personagem Viúva Negra, que vai levar o nome do longa e chegará aos cinemas no dia 30 de abril. A atriz Scarlett Johansson vai prosseguir no papel da super-heroína que está nos filmes da Marvel desde "Vingadores" (2012).

Veja também

"Diário da Tranca": a escrita como possibilidade de transformação pela arte
Livro

"Diário da Tranca": a escrita como possibilidade de transformação pela arte

Legião Urbana tem série engavetada após imbróglio com filho de Renato Russo
Famosos

Legião Urbana tem série engavetada após imbróglio com filho de Renato Russo