Medonho promove maratona de filmes de terror no Cine Majestick

Festival Medonho, organizado pelo grupo Toca o Terror, apresenta filmes clássicos e contemporâneos do gênero. Começa no sábado às 22h, e segue até a manhã do domingo

Cena do filme 'Black wake', com Nana GouvêaCena do filme 'Black wake', com Nana Gouvêa - Foto: Divulgação

O Festival Medonho chega à quarta edição se mantendo fiel ao mesmo perfil desde o primeiro ano: uma maratona de filmes de terror, que se estende ao longo da madrugada.

"A proposta do Medonho foi inspirada nas tradições das sessões 'grindhouse', comuns nos anos 1970, em pequenas salas de cinema onde os espectadores assistiam a exibições duplas, triplas ou 'all night' de filmes repletos de sexo, violência, horror e bizarrices", explica Jarmeson de Lima.

O evento, que vai das 22h deste sábado (9) até a manhã do próximo domingo (10), com ingressos por R$ 15 (antecipados) e R$ 20 (no local), ocorre no Cine Majestick, conhecida sala localizada no Centro do Recife.

Leia também:
Nova safra do terror nacional mostra sua força
Cinema São Luiz antecipa a programação do Festival Varilux
'Henfil' é o grande vencedor do 22º Cine PE; confira todos os filmes premiados

"O Majestick combina perfeitamente com nossa proposta", opina Jarmeson. "Sem falar que é um ato de resistência, ao levar mais gente a um cinema de rua no Centro do Recife. A gente só fez adicionar o terror ao que já é exibido na sala", ressalta.

A programação tem como um dos destaques a exibição de "Black Wake", longa de Jeremiah Kipp protagonizado por Nana Gouvêa.

"Tínhamos conhecimento do filme desde a época em que lançaram o trailer. Como estreou há alguns meses em festivais nos EUA e não tem distribuição no Brasil ainda, falamos diretamente com Nana e o produtor do filme, por e-mail, e eles gostaram da ideia em exibir por aqui", explica Jarmeson.

No enredo, Nana interpreta uma especialista que investiga mortes estranhas causadas por parasitas, nos Estados Unidos.

A ideia do evento é misturar clássicos e obras de diretores nacionais iniciantes e já reconhecidos no trabalho de cinema de gênero.

"Além da proposta de mostrar o trabalho de uma galera que está chegando ao circuito, como é o caso da Hilda Pontes, escolhemos curtas de realizadores que a gente passaria até mesmo sem assistir antes, de tanta confiança que temos no que produzem. É o caso da Cíntia Domit Bittar, do Caco Nigro e do casal Joel Caetano e Mariana Zani", destaca Jarmeson.

Entre os clássicos, serão exibidos "Nasce um monstro" (1974), de Larry Cohen, que será o filme de abertura; "Blacula" (1972), de William Crain; e "El Barón del Terror" (1962), de Chano Urueta, longa-metragem que encerra a maratona.

"No quesito ‘clássicos’, pegamos filmes do acervo de nossos parceiros (Versátil Home Video e Obras Primas do Cinema) e selecionamos algumas das obras que se encaixariam melhor no perfil do evento", detalha.

Terror

O Medonho é produzido pelo Toca o Terror, grupo que se especializa em conteúdo relacionado ao gênero (texto, podcasts e produção cinematográfica), composto ainda por Geraldo de Fraga, Jota Bosco, Gabriela Alcântara, Felipe Macedo, Osvaldo Neto e Júlio César Carvalho.

Os textos e os arquivos de áudio estão disponíveis no site da equipe. Em julho, o Toca o Terror vai estrear um programa semanal na Frei Caneca FM sobre filmes de horror e ficção científica.



Serviço:
4ª edição do Medonho
Cine Majestick (Rua Princesa Isabel, 121, Boa Vista)
Sábado (9), a partir das 22h
Ingressos: R$ 15 (à venda neste site) e R$ 20 (no local)

Programação

22h - "Nasce um monstro" (1974), de Larry Cohen

23h30 - Mulheres que tocam o terror (curtas)
"Estela" (2017), de Hilda Pontes | "Aniversário do Pedro" (2018), de Cíntia Domit Bittar

0h - "Black Wake" (2018), de Jeremiah Kipp

01h40 - Mini mostra Joel Caetano & Mariana Zani
"Inside" (2018) | "Scratches" (2018) | "Casulos" (2017)

2h - Clássico "Ela matou em êxtase" (1971), de Jess Franco

3h30 - Rios, pontes e muito medo (curtas)
"Casa Cheia", de Caco Nigro | Teasers e trailers de produções Made in Recife

4h - Clássico - "Blacula" (1972), de William Crain

5h30 - Clássico - "El Barón del Terror" (1962), de Chano Urueta

Veja também

Renata Sorrah será a nova vilã da continuação de 'Verdades Secretas'
Streaming

Renata Sorrah será a nova vilã da continuação de 'Verdades Secretas'

Morre icônico jornalista dos EUA Larry King, de Covid-19
Coronavírus

Morre icônico jornalista dos EUA Larry King, de Covid-19