Justiça

Ministério Público de MG denuncia cantor Eduardo Costa por estelionato

Sertanejo e sócio em produtora teriam feito duas vítimas em Belo Horizonte

Eduardo CostaEduardo Costa - Foto: reprodução/Instagram

O cantor sertanejo Eduardo Costa foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais por estelionato. O documento foi apresentado à Justiça nesta quinta-feira pela 12ª Promotoria de Belo Horizonte, envolvendo o nome do cantor e de Gustavo Caetano, sócio na empresa EC13 Produções LTDA. As informações são do site Em Off.

O cantor teria feito um contato de compra e venda em 2015, adquirindo um imóvel no valor de R$ 9 milhões de reais, em Belo Horizonte. Como pagamento, ele e o socio ofereceram outro imóvel, que era objeto de uma ação de reintegração de posse desde 2012, e também era alvo de outra ação pública desde 2013.

O imóvel está no nome da empresa gerida por ele e pelo sócio, que teriam ocultado de duas vítimas as informações sobre as ações.

 

Veja também

Eric Clapton volta a repercutir, ao sugerir 'hipnose de massa' em quem foi vacinado contra Covid-19Pandemia

Eric Clapton volta a repercutir, ao sugerir 'hipnose de massa' em quem foi vacinado contra Covid-19

Ponta de Pedras, em Goiana, recebe Loja Itinerante do Artesanato de Pernambuco Arte

Ponta de Pedras, em Goiana, recebe Loja Itinerante do Artesanato de Pernambuco