A-A+

Moda e tecnologia são focos da 4ª edição do Estilo Moda Pernambuco

Evento, lançado no Marco da Moda, no Bairro do Recife, será entre os dias 25 e 29 de julho no Moda Center de Santa Cruz do Capibaribe

Cristina Barbosa (Senai) e José Filho (Moda Center Santa Cruz)Cristina Barbosa (Senai) e José Filho (Moda Center Santa Cruz) - Foto: Thiago Britto/Folha de Pernambuco

Unir o útil das produções ao agradável de tê-las automatizadas, desde o campo das ideias até a sua chegada ao consumidor final. Uma premissa que cabe a todo e qualquer segmento, incluindo o da moda, que há muito tem se inserido nos meios tecnológicos. Para reforçar a "necessidade" de aliar a cadeia produtiva das confecções locais, foi lançado no Marco Pernambucano da Moda a 4ª edição do Estilo Moda Pernambuco (EMP), evento que aborda negócios voltados para a área dentro do tripé "criação, indústria e comercialização".

"Apostamos no potencial criativo que temos na região", comentou Cristina Barbosa, diretora do Senai Santo Amaro e de Santa Cruz do Capibaribe, instituição apoiadora do EMP que será realizado entre os dias 25 e 29 de julho com a temática Moda 4.0, sob inspiração do conceito da Indústria 4.0 e com acesso gratuito ao público.

Leia também:
Giselle Cribari lança coleção 'Urupemba', em desfile no Marco da Moda
A moda e a polêmica das carnes 'alternativas'

Na programação deste ano, além dos desfiles que devem incluir pelo menos 60 marcas, haverá a Exposição Planta Indústria 4.0, do Senai Cetiqt (Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil) do Rio de Janeiro. Na ocasião o público ficará a par de inovações tecnológicas aplicadas ao ramo, com a contribuição do designer de moda Cleber Lima que, em parceria com o Moda Center Santa Cruz, levará para a passarela desfile conceitual da coleção Neogênese.

"É um novo momento de consumo e vamos celebrar o que já funciona com o que temos de inovação tecnológica, priorizando o consumidor dentro do processo criativo", ressaltou ele.

Para José Gomes Filho, à frente da gestão do Moda Center do município do Agreste, o EMP consolida a região como produtora de confecções, ampliando e dando acesso, inclusive, a quem ainda se mantém distante dos avanços, a exemplo das costureiras manuais. "Trabalhamos com a inserção da tecnologia na moda há algum tempo, promovendo treinamentos para aproximação das pessoas da cadeia produtiva ao universo da inovação. Das pequenas às grandes fábricas, há maquinário eletrônico, e disso decorre mais qualidade aos produtos e garantia de espaço a quem quiser se preparar para o novo", ressalta ele.

Arenas
Espaços separados mas que se fundem em um mesmo contexto. Essa é a ideia do EMP para a temática Moda 4.0., viabilizada em ambientes direcionados. Na Arena do Conhecimento, por exemplo, fornecedores e prestadores de serviço poderão trocar experiências em estandes montados pelo Senai; já a Arena da Moda, dentro do Centro de Eventos Moda Center, acomodará o público para os desfiles; na Arena de Entretenimento, palco e quiosques de alimentação estarão à disposição dos participantes, com programação que inclui shows das bandas Howay, Pavio de Candeeiro e Outros Caras, além de apresentações de Renato Marinho e Fábio Xavier.

A blogueira Camila Coutinho também integra a programação com o talk show "Moda Para o Agora" e o pesquisador Flávio da Silveira Bruno ministrará palestra sobre "O Futuro da (indústria da) Moda a um Clique de Distância.

Veja também

Demonização de Cosme e Damião por evangélicos dá corda para intolerância religiosa
Religião

Demonização de Cosme e Damião por evangélicos dá corda para intolerância religiosa

Nego do Borel é expulso de A Fazenda 13
FAMOSOS

Nego do Borel é expulso de A Fazenda 13