política

Modelo Renata Banhara revela pré-candidatura para vereadora em São Paulo

Modelo havia tentado se eleger deputada federal em 2018

A modelo Renata BanharaA modelo Renata Banhara - Foto: Reprodução/Instagram

A modelo Renata Banhara, 45, anunciou a sua pré-candidatura a vereadora pelo Republicanos em São Paulo. A novidade foi divulgada por ela mesma nas redes sociais.

"Encontrei muitas mulheres, trocamos ideias, estávamos engajadas para o universo da mulher. Me senti na necessidade de agir. Eu sei que não dá mais para ficar como está. A cidade que queremos depende de nós. Venho como pré-candidata a vereadora por SP. Na luta por todas", disse ela em seu discurso.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

#Repost @mulherrepublicana10capitalsp with @make_repost ・・・ Neste sábado-12 na sede do Republicanos, em reunião presencial (obedecendo as medidas de segurança), o movimento Mulheres Republicanas Capital SP anunciou a ativista Renata Banhara pré-candidata do movimento. • Banhara foi escolhida por 41 Secretárias Zonais que compõe o movimento na cidade de São Paulo. • O movimento que é liderado pela Secretária Municipal Zuleika Ferreira e sua executiva, dá as boas vindas à pré candidata e deseja sucesso para todas as pré candidatas republicanas! “Temos maravilhosas mulheres, valentes, cada uma com suas dores e defesas, e todas com o propósito de trabalhar para validar a importância da visão da mulher no âmbito político em busca de uma sociedade mais igualitária e respeitosa! Contem conosco”. • #estamosjuntasesomosmuitas #mulheresnapolitica #renatabanhara #nalutaportodas #mulheresrepublicanas10capitalsp #eleicoes2020 #crieumlaço #votenelas

Uma publicação compartilhada por RENATA BANHARA (@rebanhara) em 14 de Set, 2020 às 9:06 PDT

Em 2018, Banhara anunciou que era pré-candidata a deputada federal pelo PRB (Partido Republicano Brasileiro) por São Paulo. Em seu perfil no Instagram, na ocasião, afirmava que defenderia o direito das mulheres e que teria como bandeira maior rapidez no processo de casos de violência doméstica. Ela não conseguiu chegar à Câmara após receber pouco mais de 12.600 votos.

 

Mais recentemente, em junho, Banhara deixou o cargo no gabinete da Assembleia Legislativa de SP, a Alesp, onde trabalhava com o cargo de assistente parlamentar do deputado estadual Wellington Moura (Republicanos), justamente para se preparar para a candidatura a vereadora.

O foco na defesa das causas da mulher é por conta de tudo o que já aconteceu na vida da modelo. No início de 2018, ela denunciou o marido, com quem estava há seis anos, por agressão física e pressão psicológica e disse que ele chegou a encorajá-la a cometer suicídio.

Segundo relato da modelo, Banhara foi jogada da escada da casa que dividia com o homem, cuja identidade não foi revelada, e, após uma série de golpes, foi trancada com ele dentro do quarto. Ele então teria aberto a porta da varanda e pedido para que ela se jogasse de lá.

Neste momento, Banhara foi resgatada pelo filho, que encontrou a chave reserva do quarto e abriu o cômodo. A modelo afirmou que conseguiu fugir da casa junto com o filho e foi até uma delegacia da mulher para fazer a queixa.

Em abril de 2017, Banhara teve uma infecção grave causada por uma bactéria que estava alojada em seu dente. Após migrar para o cérebro da atriz, o microrganismo se juntou a outra bactéria de uma crise de sinusite mal curada. Ela precisou passar por três cirurgias.

Veja também

'A Caminho da Lua' é arma da Netflix para desbancar império animado da Disney
streaming

'A Caminho da Lua' é arma da Netflix para desbancar império animado da Disney

Bruna Marquezine cai do salto e lembra Salete, de 'Mulheres Apaixonadas', em estreia como youtuber
Famosos

Bruna Marquezine cai do salto e lembra Salete, de 'Mulheres Apaixonadas', em estreia como youtuber