Morre Andy Vajna, produtor de 'Rambo' e 'Exterminador do Futuro'

A Fundação Nacional de Cinema anunciou hoje a morte do 'Mister Cinema', Andrew G Viana, em sua casa, em Budapeste, aos 74 anos

Andy Vajna (esq), Bruce Willis e Vittorio Cecchi GoriAndy Vajna (esq), Bruce Willis e Vittorio Cecchi Gori - Foto: Divulgação/Andy Vajna

O célebre produtor americano de origem húngara Andrew G. Vajna, conhecido como Andy Vajna, famoso por suas megaproduções dos anos 1980, como "Rambo" e "Exterminador do Futuro", faleceu em sua casa em Budapeste, aos 74 anos - anunciou a Fundação Nacional do Cinema (NFA) neste domingo (20).

"Depois de uma longa doença, Andy Vajna faleceu em sua casa de Budapeste, aos 74 anos", informou a NFA. Nascido em 1944 em Budapeste, Vajna deixou a Hungria com sua família, após a insurreição contra os soviéticos em 1956.

Leia também
Masazo Nonaka, homem mais velho do mundo, morre aos 113 anos
Marcelo Yuka, letrista d'O Rappa e vítima da violência no Rio, morre aos 53 anos
Revelação da ginástica brasileira morre aos 17 anos


Nos Estados Unidos, lançou-se ao mundo do cinema e se tornou um dos produtores mais talentosos. Depois de cerca de 40 filmes produzidos nos Estados Unidos, voltou de vez para a Hungria, nos anos 2000. Como aliado do primeiro-ministro Viktor Orban, foi nomeado comissário de Estado do cine desde 2011.

Apelidado de "Mister Cinema", Vajna foi um dos cérebros que contribuíram para reforçar a reputação de Budapeste como uma capital do cinema mundial, em particular ao cofinanciar os ultramodernos estúdios Korda. Como presidente da NFA, Vajna copatrocinou o filme "Filho de Saul", que obteve o Oscar de melhor filme estrangeiro em 2016.

Veja também

Luciano Magno: jazz e improvisação são destaques em novo álbum
Música

Luciano Magno: jazz e improvisação são destaques em novo álbum

Eva Wilma recebe alta da UTI e apresenta evolução clínica
Celebridades

Eva Wilma recebe alta da UTI e apresenta evolução clínica