Morre, aos 80 anos, 'Zezinho de Tracunhaém'

Artesão faleceu na noite desta quarta-feira (4) no Hospital Pelópidas Silveira

'Zezinho de Tracunhaém''Zezinho de Tracunhaém' - Foto: Val Lima/Divulgação

A cultura perde uma das forças do artesanato no Estado, e mais especificamente o município de Tracunhaém, Mata Norte de Pernambuco, com o falecimento de José Joaquim da Silva, o "Zezinho de Tracunhaém". Ele morreu, aos 80 anos, na noite desta quarta-feira (4).

O artesão estava internado no Pelópidas Silveira, bairro do Curado, Região Metropolitana do Recife (RMR). A Secult-PE e a Fundarpe lamentaram, em nota, a morte de Zezinho. "Deixamos aqui registrados nossa gratidão à obra do mestre, que tão bem retratou/exaltou vários elementos da cultura pernambucana em suas peças, e também nosso compromisso em seguir preservando e perpetuando seu legado", dizia um dos trechos.

Leia também:
Morre o artista olindense José Carlos Viana
Elton Medeiros, compositor de clássicos do samba, morre no Rio


Natural de Vitória de Santo Antão, Zezinho era Patrimônio Vivo do Estado desde 2007 e se tornou o ceramista mais conhecido de Tracunhaém, cidade que adotou como berço e onde recebeu título de cidadão em novembro de 2002. Entre os gigantescos santos de barro e as dondocas e namoradeiras, ele transferiu sua  técnica para familiares e outros artesãos do Estado. 

Veja também

Novela 'Meu Bem, Meu Mal' chega ao Globoplay
streaming

Novela 'Meu Bem, Meu Mal' chega ao Globoplay

Thelma Assis cai no Criança Esperança e leva pontos na testa: 'Meti a cara no chão'
famosos

Thelma Assis cai no Criança Esperança e leva pontos na testa: 'Meti a cara no chão'