Morre, aos 82 anos, o cantor francês Pierre Barouh

Artista ficou reconhecido, entre muitos trabalhos, por divulgar a música brasileira na Europa

Prefeito do Recife foi anfitrião do evento e reforçou a escuta popular para a formação de um governo mais democráticoPrefeito do Recife foi anfitrião do evento e reforçou a escuta popular para a formação de um governo mais democrático - Foto: Andréa Rêgo Barros/ PCR

O ator e compositor francês Pierre Barouh, de 82 anos, morreu nessa quarta-feira (28), após sofrer um ataque cardíaco, na França. A informação foi confirmadas por sua mulher, Atsuko Ushioda.

Entre seus trabalhos, está a trilha sonora do filme "Um homem e uma mulher", que recebeu a Palma de Ouro de Cannes, em 1966, e o Oscar de roteiro original em 1967. Barouh ficou conhecido também por levar a música brasileira à Europa e ao criar o selo "saravah". Ele ainda esteve à frente de um documentário, que foi lançado em 1969 em parceria com Baden Powell, que reuniu depoimentos de Paulinho da Viola e Maria Bethânia.

O trabalho rendeu ainda uma gravação da canção "Samba Saravah", uma versão francesa de "Samba da Benção", de Vinícius de Moraes, ao lado de Baden Powell.

Veja também

João é eliminado; Pocah é a nova líder e novo paredão tem Viih Tube, Gilberto e Fiuk
BBB 21

João é eliminado; Pocah é a nova líder e novo paredão tem Viih Tube, Gilberto e Fiuk

Arthur diz que Pabllo Vittar é gata e elogia corpo da cantora
BBB 21

Arthur diz que Pabllo Vittar é gata e elogia corpo da cantora