Luto

Morre o ator e diretor de teatro Carlos Reis, conhecido por interpretar Jesus na Paixão de Cristo

Carlos ReisCarlos Reis - Foto: Paixão de Cristo/Divulgação

Faleceu o ator, diretor de teatro e agrônomo Antônio Carlos de Souza Reis, aos 84 anos, nesta quarta-feira (16). Carlos Reis trabalhou como ator na Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, interpretando vários vários personagens, inclusive Jesus por oito anos. Nas duas ultimas décadas, ele passou a dirigir o espetáculo, que é o maior e mais tradicional do País, ao lado de Lúcio Lombardi. Ele foi sepultado na tarde desta quinta-feira (17) no cemitério de Santo Amaro, no Centro.

“Conselheiro, dedicado e extremamente profissional, acolhia o elenco a cada temporada como se fosse a primeira. Ensinava, conduzia e distribuía delicadeza...Aqui, nas muralhas de pedra do maior teatro ao ar livre do mundo, se sentia em casa, seja atuando ou dirigindo, colaborando nos bastidores com a produção ou, simplesmente, ouvindo.”, disse um dos trechos do comunicado da Paixão de Cristo.

O Teatro de Nova Jerusalém continuou a nota pontuando a trajetória do ator e diretor frente ao espetáculo. “Foste um rei, de fato, Carlos, nessa tua passagem entre nós. Um rei de conto de fadas: gentil, afável, profissional e, sobretudo, fiel aos amigos. Teu lugar é mesmo no palco, na terra ou no céu, brilhando como nas noites estreladas de Nova Jerusalém. Estamos muito tristes e sentiremos muito tua falta, mas continuaremos firmes, apesar de todas as adversidades, para levarmos adiante esse legado”, pontuou.

No ano passado, ele chegou a abrir uma vaquinha virtual para custear os tratamentos para uma leucemia linfocítica crônica. “Por conta da pandemia, minhas despesas aumentaram consideravelmente e minha única receita é a aposentadoria, uma vez que o teatro está completamente parado, e, portanto, adquiri dívidas esgotando-se toda minha reserva”, dizia o texto do ator no portal de arrecadação. Até esta quinta-feira (17), havia 106 apoiadores da causa.

Nota do governador

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, lamentou a morte do artista em nota. “Pernambuco perdeu, na noite desta quarta-feira (16.06), o diretor e ator Carlos Reis. Homem de grande inteligência e inúmeros talentos, também era professor universitário e pesquisador, atuando nas áreas de agrometeorologia e climatologia. Chegou, inclusive, a escrever um livro contando a história do Instituto Agronômico de Pernambuco”, afirmou o governador.

“No teatro, seguiu uma carreira de sucesso, atuando como ator e diretor no espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, em Fazenda Nova, no município de Brejo da Madre de Deus, no Agreste pernambucano. Nessa fase, chegou a interpretar diversos personagens. Aos familiares e amigos, admiradores e fãs, nossos sinceros pêsames e solidariedade”, complementa o comunicado.

Veja também

História de Marielle Franco é retratada em HQ
Homenagem

História de Marielle Franco é retratada em HQ

Navios com cargas ilícitas saem dos portos sem dizer aonde vão, diz autor do livro 'Oceano Sem Lei'
LIVRO

Navios com cargas ilícitas saem dos portos sem dizer aonde vão, diz autor do livro 'Oceano Sem Lei'