Cultura+

Morre o "pai" do Pac-Man, Masaya Nakamura

Pioneiro do videogame japonês morreu aos 91 anos

Masaya Nakamura (centro) morreu no último dia 22 de janeiroMasaya Nakamura (centro) morreu no último dia 22 de janeiro - Foto: Kazuhiro Nogi/AFP

Masaya Nakamura, o pioneiro do videogame japonês conhecido como "o pai do Pac-Man", morreu aos 91 anos, informou sua companhia nesta segunda-feira (30). Nakamura, que faleceu no dia 22 de janeiro, fundou uma empresa em 1955 que mais tarde se tornaria a Namco.

A empresa começou instalando dois cavalos mecânicos de madeira no terraço de uma loja de departamentos e passou a desenvolver jogos domésticos e arcade, parques temáticos e outros parques de diversões.

Ela se fundiu com a gigante de brinquedos japonesa Bandai em 2005. O designer de jogos da Namco, Toru Iwatani, criou o Pac-Man amarelo, que chegou ao mercado em 1980.

O personagem se tornou extremamente popular entre os jogadores e o Guinness World Records o classificou como "a máquina de arcade operada por moedas mais bem-sucedida". A companhia não divulgou detalhes sobre a morte de Nakamura, alegando estar cumprindo o desejo de sua família.

Veja também

Sueco Ruben Ostlund ganha sua segunda Palma de Ouro por 'Triangle of Sadness'
Festival de Cannes

Sueco Ruben Ostlund ganha sua segunda Palma de Ouro por 'Triangle of Sadness'

Adiada a segunda noite de show de Caetano Veloso no Guararapes
Música

Adiada a segunda noite de show de Caetano Veloso no Guararapes