Cultura

Museu da Abolição recebe programação cultural no Mês da Consciência Negra

Projeto Jardim Sonante, com curadoria de Cannibal, é uma das atrações

Grupo O Canto dos OrixásGrupo O Canto dos Orixás - Foto: Divulgação

Em celebração ao Mês da Consciência Negra, o Museu da Abolição (Madalena) recebeu na tarde de hoje programação cultural com apresentações musicais e lançamento do livro “Arraial Novo de Canudos”, de Rodrigo Capibe.

A programação, gratuita, teve início às 14h. Participaram os grupos Canto dos Orixás, Coco das Estrelas, Coco Chapéu de Palha e Afoxé Oya Tokolê.

Após as apresentações, o escritor Rodrigo Capibe aproveitou a oportunidade para lançar seu mais novo livro, que discorre sobre popular lenda urbana que circulou no Recife dos anos 1970. Na época, havia o boato de que a barragem de Tapacurá havia estourado, gerando a ameaça de uma grande inundação que cobriria toda a cidade.

No domingo, o Museu recebe mais uma edição do projeto Jardim Sonante, com curadoria do músico Cannibal, baixista e vocalista das bandas Devotos e Café Preto. Nesta edição, a atração principal é a banda recifense Matalanamão. Todo último domingo do mês o festival traz nomes da nova cena rock pernambucana para atrações gratuitas. A programação tem início às 16h. O Museu da Abolição fica na Rua Benfica, 1150, Madalena.

Veja também

Entidade assume Theatro Municipal sem concorrência pública após edital ser suspenso
SÃO PAULO

Entidade assume Theatro Municipal sem concorrência pública após edital ser suspenso

Cartolouco pede Luiza Ambiel em namoro no palco do programa Hora do Faro
Reality Show

Cartolouco pede Luiza Ambiel em namoro no palco do programa Hora do Faro