Patrimônio

Museu da Cidade do Recife completa 40 anos nesta sexta-feira (14)

Equipamento cultural, localizado no Forte das Cinco Pontas, prepara livro e exposição para celebrar suas quatro décadas

Museu da Cidade do Recife, no Forte das Cinco Pontas Museu da Cidade do Recife, no Forte das Cinco Pontas  - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

O Museu da Cidade do Recife (MCR) completa, nesta sexta-feira (14), 40 anos de fundação. Instalado no Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, o equipamento cultural é não apenas um ponto de visitação turístico, mas também um importante espaço de preservação e compartilhamento da memória. Diante de um momento de muitos desafios, a instituição busca manter-se relevante e conectada aos novos tempos, sem deixar para trás o passado.

Betânia Corrêa de Araújo está na direção do museu há 17 anos. Nos últimos dois, com o surgimento da Covid-19, tem vivenciado um período de difícil gestão. Os esforços para contornar a situação, no entanto, não param. “Temos recebido alguns visitantes desde que o museu reabriu, seguindo o protocolo previsto. Agora, como foi estabelecido pelo governador, também será obrigatória a apresentação do certificado de vacina na entrada. Continuamos com todos os cuidados, mas sem deixar de trabalhar”, aponta.

A pandemia afetou a receita da instituição, que além da verba repassada pela Prefeitura do Recife, é mantida com recursos oriundos de uma loja própria e de um estacionamento. A recuperação tem sido gradual e, com as férias, a movimentação de turistas costuma crescer. O trabalho com as mídias digitais, intensificado na crise sanitária, não parou mesmo com o retorno das atividades presenciais. “Criamos desafios e outras formas de interação nas redes sociais. A resposta do público nesses meios foi muito interessante. É algo que, certamente, estamos correndo atrás”, afirma.
 

A diretora admite que, nos últimos 40 anos, as definições relacionadas às instituições museológicas mudaram. De acordo com ela, o MCR vem acompanhando tais transformações. “Tentamos usar todos os recursos de tecnologia disponíveis para produzir exposições que tenham mais interação com o público. Através da animação, por exemplo, buscamos fazer o visitante entender os registros da história de uma forma bem contemporânea”, conta. Betânia ressalta ainda as ações educativas, especialmente com crianças, que cumprem o papel de também levar para as novas gerações o senso de conservação do patrimônio histórico e cultural.
Museu da Cidade do Recife
Museu da Cidade do Recife (Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco)

Diversificado, o acervo do museu conta com peças de diferentes tipos e épocas. Estão armazenados e preservados no espaço cerca de 250 mil fotografias do Recife, incluindo imagens produzidas ainda na década de 1930. Além disso, há material cartográfico, azulejos e achados arqueológicos. Embora o equipamento cultural tenha sido criado em 1982, o Forte das Cinco Pontas existe desde 1630 e passou por diferentes usos ao longo dos séculos.

Comemorações 

Segundo Betânia, a ideia é comemorar o aniversário do MCR com várias iniciativas até o final de 2022. Nesta sexta-feira (14), serão lançados nas redes sociais do espaço dois vídeos comemorativos. O primeiro deles, produzido por Lúcia Matos, reúne fotos de antigas exposições e atividades promovidas ao longo dos últimos anos. Já o outro vídeo traz a diretora do museu explicando a sua fundação.

Um livro sobre a instituição, ainda sem previsão de lançamento, será publicado pela editora Cepe. “Serão textos de pesquisadores do museu e de fora, falando sobre o que ele representa para o Recife. Contamos com várias pessoas que, de alguma forma, estão próximas desse equipamento, como o historiador Dirceu Marroquim e a arquiteta Amélia Reynaldo”, adianta. Os detalhes ainda estão sendo pensados, mas Betânia promete algo que envolva o público de uma maneira diferente.“A gente gostaria muito que a população de uma forma geral, utilizando o Instagram, pudesse participar da curadoria, escolhendo peças e fotografias expostas”, conta.

Veja também

Biden condena "ataque feroz" contra Salman Rushdie
Internacional

Biden condena "ataque feroz" contra Salman Rushdie

Em Teerã, só se ouve iranianos que aprovam ataque contra Salman Rushdie
Salman Rushdie

Em Teerã, só se ouve iranianos que aprovam ataque contra Salman Rushdie