A-A+

Músico de RPM erra ao anunciar suposta morte de baterista, que segue em UTI

A confusão ocorreu devido a um ruído na comunicação entre o médico responsável por Paulo Pagni e Fernando Deluqui

Baterista de RPM, Paulo P.A. PagniBaterista de RPM, Paulo P.A. Pagni - Foto: Reprodução / Instagram

Após o anúncio da morte do baterista da banda RPM, Paulo Pagni, a assessoria de imprensa da banda informou que o músico está internado na UTI do hospital São Camilo, de Salto (interior de SP) com uma pneumonia.

A confusão ocorreu devido a um ruído na comunicação entre o médico responsável por Pagni e Fernando Deluqui, guitarrista do RPM. Inclusive, Deluqui publicou um vídeo em suas redes sociais no qual comenta o imbróglio. Na tarde deste domingo (2), a banda RPM divulgou em suas redes sociais uma nota informando que o baterista havia morrido.

Leia também
Fábio Jr e Paulo Ricardo se apresentam no Cabanga Iate Clube em março
Paul McCartney será baterista em novo álbum do Foo Fighters



No vídeo, Deluqui informou que profissionais da clínica onde Pagni estava internado disse que ele havia falecido. Depois, Deluqui ainda recebeu a confirmação do médico e começou a providenciar os documentos para o enterro. No caminho para o hospital, o guitarrista conta que recebeu a notícia que ele estava internado e não havia falecido.
Mais cedo, a banda tinha comunicado a morte de Pagni. "Infelizmente temos a tristeza de anunciar o falecimento do nosso querido e eterno baterista, Paulo Antônio Figueiredo Pagni, o P.A. Nosso irmão partiu poucos momentos atrás, mas seu legado será eternamente lembrado", disse o grupo no post, agora apagado.

Em sua página no Facebook, o ex-vocalista do RPM, Paulo Ricardo, disse que o motivo da internação do músico foi fibrose pulmonar, uma doença respiratória crônica e progressiva.

Numa postagem feita no sábado, para comemorar o aniversário de Pagni, Paulo Ricardo contou que P.A. entrou no RPM após Charles Gavin deixar a banda para se juntar aos Titãs. "Sempre fomos muito ligados e vivemos momentos inesquecíveis no projeto indie PR5", escreveu. Pagni já estava hospitalizado.

No domingo, para homenagear o amigo, Ricardo escreveu que "o P.A. personificou como ninguém o espírito do rock'n'roll". "Fica a lembrança de um grande irmão, grande baterista, de enorme musicalidade, amante da natureza e dos animais e sem dúvida nenhuma um dos caras mais rock'n'roll que o Brasil já conheceu", disse.

Famoso nos anos de 1980, o grupo RPM havia anunciado novidades recentemente. A banda havia voltado à ativa com um novo vocalista, Dioy Pallone, e duas músicas, "Ah! Onde Está Você" e "Escravo da Estrada". Entre os hits do RPM estão músicas como "Olhar 43" e "Rádio Pirata".

Veja também

Demonização de Cosme e Damião por evangélicos dá corda para intolerância religiosa
Religião

Demonização de Cosme e Damião por evangélicos dá corda para intolerância religiosa

Nego do Borel é expulso de A Fazenda 13
FAMOSOS

Nego do Borel é expulso de A Fazenda 13