Nando Cordel de volta ao aconchego dos pernambucanos

Cantor faz show neste sábado (22), às 21h, no Teatro RioMar, no Pina

Governador Paulo Câmara sancionou a lei nesta quarta-feira (21)Governador Paulo Câmara sancionou a lei nesta quarta-feira (21) - Foto: Aluísio Moreira/SEI

Depois de uma turnê nacional, já tendo tocado no Rio de Janeiro, Niterói e Natal, o cantor e compositor Nando Cordel volta ao Recife, no Teatro RioMar, com seu show “De volta pro aconchego”, nome inspirado na canção homônima escrita a quatro mãos com Dominguinhos e eternizada na voz de Elba Ramalho.

O show, que no resto do país recebeu o nome “Tudo de bom”, marca o retorno de Nando a um palco recifense, com apresentação solo, após dez anos. Com formato pensado para teatro, o espetáculo é mais acústico e intimista, ressaltando composições feita para artistas como Maria Bethânia, Gilberto Gil e Fagner. “É muito legal tocar, cantar e poder contar com humor os causos interessantes ou o que determinada música causou em cada momento da sua estrada. Mostrar que a canção deixou um rastro na sua vida”, comenta Nando.

Mas para ele, voltar para o aconchego, se apresentando em Recife, é um desafio maior do que levar a performance a outros cantos do Brasil. “É um show que me deixa mais apreensivo. Em outros estados, tudo que eu canto as pessoas ficam encantadas, o sotaque diferente os cativa. Aqui, tem que caprichar muito mais. A plateia é mais exigente, até porque é um artista da terra. Eu sinto que Recife gosta muito de mim, sinto um amor muito profundo do público”, acentua o cantor.

No repertório do show, um passeio pela história da carreira de Nando Cordel, com músicas como "De Volta Pro Aconchego", "Gostoso Demais" e "Flor de Cheiro", além de algumas inéditas. Nando ainda abre um espaço para que peçam alguma música.

Depois da turnê, o plano do cantor é dar uma parada nas apresentações. “Quero dar uma meia parada no cantor e motivar o meu lado de compositor, já que tem muito artista me pedindo música. Esse ano, compus muito pouco e por isso pretendo ficar mais tempo no estúdio, voltar a ser o compositor que eu era, mais ativo”, afirma Cordel.

SERVIÇO

Show “De volta pro aconchedo”, de Nando Cordel
Quando: Neste sábado (22), às 21h
Onde: Teatro RioMar (Av. República do Líbano, 251 - Pina, Recife)
Quanto: Plateia: R$ 120 e R$ 60 (meia-entrada); Balcão: R$ 100 e R$ 50 (meia-entrada)

Veja também

É dia de cantar parabéns pelos 85 anos de Mauricio de Sousa
Maurício de Souza

É dia de cantar parabéns pelos 85 anos de Mauricio de Sousa

'Falta de educação', diz Paolla Oliveira em resposta a comentário sobre preenchimento labial
Famosos

'Falta de educação', diz Paolla Oliveira em resposta a comentário sobre preenchimento labial