Nobel a Bob Dylan é reconhecimento da importância do rock, diz escritor

O presidente Barack Obama afirmou nas redes sociais que Bob Dylan é seu poeta favorito

Diogo Nogueira Diogo Nogueira  - Foto: Divulgação

A escolha do cantor e compositor Bob Dylan para o Nobel de Literatura, nesta quinta-feira (13), foi considerada surpreendente por alguns e provocou diversas reações no meio artístico. Para o jornalista e escritor Eduardo Bueno, o Peninha, ele representou o "reconhecimento definitivo do quanto o rock'n'roll mudou as nossas vidas".

"Desde 1959, com o Elvis, são mais de 50 anos de rock tornando o mundo um lugar muito melhor. Finalmente, veio esse reconhecimento decisivo da grandeza incomensurável do Bob Dylan como artista, como compositor. E nesse contexto referenda do rock como uma força artística que mudou", afirma Peninha.

Ainda de acordo com o jornalista, o músico rejeitava o título de poeta. "As coisas ligadas ao Bob Dylan têm necessariamente que envolver controvérsia e contradição. Ele sempre disse que não era um poeta, era um letrista. Já houve músicas eu que ele disse 'I'm a poet', mas nas duas era gozação". O vereador Eduardo Suplicy (PT) homenageou o cantor com um vídeo, postado nas redes sociais, cantando a música "Blowin' in the Wind", ao lado do filho João Suplicy.

"Foi muito merecido. Como ressaltou a academia sueca, Bob Dylan de fato conseguiu combinar as letras de seus poemas com a música popular americana de tal maneira que a humanidade canta suas canções. Foi assim quando saíram às ruas para pedir pelo fim das guerras do Vietnã e do Iraque", diz citando "Blowin' in the Wind".

O presidente Barack Obama afirmou nas redes sociais que Bob Dylan é seu poeta favorito. Já Stephen King, via Twitter, disse estar empolgado com a honraria recebida por Dylan. "É uma grande e boa coisa em uma época de sordidez e tristeza", comentou.

Veja também

Ex de Dudu diz que teve caso com Gusttavo Lima quando era casado
famosos

Ex de Dudu diz que teve caso com Gusttavo Lima quando era casado

Programa do Ratinho volta a ter plateia de 30 pessoas testadas para Covid-19
televisão

Programa do Ratinho volta a ter plateia de 30 pessoas testadas para Covid-19