Nove curiosidades sobre 'Toy Story' que talvez você não saiba

Estreia nesta quinta o quarto filme da franquia 'Toy Story', da Pixar

Toy Story 4Toy Story 4 - Foto: Divulgação

Estreia nesta quinta (20) o quarto filme da franquia 'Toy Story', da Pixar. Antes de ir ao cinema marcar presença na estreia da animação de sucesso gigantesco, que tal ficar por dentro de algumas curiosidades da produção? Separamos algumas para vocês. Confiram:


1. Marco
O primeiro filme da saga de 'Toy Story', lançado em 1995, foi o primeiro longa produzido inteiramente por computação gráfica. Todas as imagens foram geradas por computadores. A criação foi tão refinada, que a equipe, para fazer o movimento dos soldadinhos verdes do filme, fez uma simulação de caminhada com pranchas de madeiras nos pés. 'Toy Story' Foi também a primeira animação a concorrer a um Oscar de Melhor Roteiro, apesar de não ter vencido. Porém, o cocriador John Lasseter ganhou o Prêmio de Realização Especial pela tecnologia de animação do filme.

[610] Toy Story


2. Cabelos

Sabe por que os personagens humanos de Toy Story têm cabelo curto ou simplificados? No início dos anos 90, os efeitos de animação 3D eram muito difíceis de se criar, e o cabelo curto ou preso (como no caso da mãe do Andy) facilitava a montagem. Por exemplo, quando Woody enfia a cabeça num pote de cereal, nenhuma gota de leite voa para fora.


3. Roteiro original

No roteiro original do filme, o caubói Woody seria um pistoleiro cruel que causaria revolta nos outros personagens. Além disso, originalmente, ele teria sido um boneco de ventríloquo (aqueles que dependem de movimento de terceiros para falar, como o Pinóquio). O astronauta Buzz Lightyear também passou por várias mudanças até chegar a sua forma final: ele foi pensado como uma miniatura, e teve outros nomes, como Lunar Larry.

 

4. Abuso sexual

Caso de polícia! Um dos maiores nomes da Pixar, John Lasseter já foi acusado de abuso sexual. Ele era diretor, produtor e roteirista da franquia e foi afastado da Disney em 2017, e em 2018 foi desligado da empresa. Apesar do caso, a Pixar manteve o crédito de Lasseter como corroteirista de Toy Story 4.

5. Gafes!

Durante os créditos de Toy Story 2 são mostrados alguns "erros de gravação" dos personagens. Numa dessas, Pete Fedido está dentro de sua caixa com duas Barbies e joga uma cantada: "Então vocês duas são absolutamente idênticas? Tenho certeza que conseguiria para vocês um papel em Toy Story 3...". Esse trecho vai de encontro com as campanhas contra assédio sexual e poderia prejudicar mais ainda a situação de John Lasseter. A gafe foi tanta que essa cena foi cortada da nova versão em 4K UHD da animação, lançada nos Estados Unidos.


Leia também:
Taylor Swift lança música se dirigindo a homofóbicos e faz doações a organização LGBT crescerem
Cinema LGBT: para enfrentar o preconceito
É São João na cozinha e na mesa!



6. Conflito com a Circle 7

No começo dos anos 2000, o ex-diretor executivo da Disney, Michael Eisner, planejava o terceiro filme de Toy Story, mas passou o trabalho de produção para a divisão 'Circle 7' (também da Disney). A Pixar não gostou da decisão. No primeiro roteiro escrito por Jim Herzfeld, os astronauta Buzz Lightyear iria ser resgatado pelos outros brinquedos que descobriram que a empresa de reparo onde o amigo estava na verdade substituía os "Buzz" quebrados por novos bonecos. A história nunca saiu do papel e com a chegada John Lasseter no comando das duas divisões, a Pixar voltou a assumir o projeto.


7. "Protesto"

No início da produção do novo script de Toy Story 3, alguns integrantes do departamento de animação decidiu raspar suas cabeças em simbologia, para ter "um novo começo no filme". Eles nem chegaram a ler o script desenvolvido pela Circle 7.


8. Processo

A Disney foi processada por uma fabricante de brinquedos dos Estados Unidos, sendo acusada de copiar sua linha de ursinhos 'Lots of Hugs' na ideia do urso Lotso em Toy Story 3. A Diece-Lisa Industries ainda afirmou que o personagem da animação confundiu seus clientes, o que gerou um impacto negativo nas vendas.

9. Arranhões

Quem for assistir Toy Story 4 poderá perceber alguns arranhões nos personagens. Tudo proposital: a Pixar fez isso como uma forma de lembrar o público das aventuras que os brinquedos já viveram durante toda a franquia. A camisa de Woody estará soltando fiapos, e a linha vermelha usada para consertá-lo em Toy Story 2 estará presente.

 

 

Veja também

Flaviola, ícone da psicodelia pernambucana, morre de Covid-19
Luto

Flaviola, ícone da psicodelia pernambucana, morre de Covid-19

Morre, aos 56, o baterista Flávio Guaraná, do bloco Quem tem Boca Vaia Roma
LUTO

Morre, aos 56, o baterista Flávio Guaraná, do bloco Quem tem Boca Vaia Roma