A-A+

Número dois da Casa de Rui Barbosa é exonerada

Nos afastamentos e vacâncias da presidência da instituição, é o diretor-executivo que assume

Casa Rui BarbosaCasa Rui Barbosa - Foto: Divulgação

A servidora Lucia Maria Velloso de Oliveira foi exonerada do cargo de diretora-executiva da Fundação Casa de Rui Barbosa. A informação foi publicada no Diário Oficial nesta quinta (16).

Lucia era a número dois da instituição. Nos afastamentos e vacâncias da presidência da instituição, é o diretor-executivo que assume.

A interlocutores, Lucia afirmou que soube de sua exoneração a partir da publicação no Diário Oficial -ela trabalhou na instituição por 26 anos. Em seu lugar, foi nomeado Ronaldo Leite Pacheco Amaral.

Na semana passada, a presidente da fundação, Letícia Dornelles, afastou de seus cargos cinco pesquisadores que eram considerados a "alma" da fundação. Eles também não foram avisados de que seriam afastados de seus cargos e obtiveram a informação após a
publicação das medidas no Diário Oficial.

Leia também:
Bolsonaro afirma que chefe da Secom permanece no cargo
Chefe de agência reguladora do petróleo renuncia ao cargo


Na quarta (15), o secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, reverteu a indicação do cientista político Christian Lynch para um cargo de chefia da fundação por conta de críticas que Lynch fez ao governo Jair Bolsonaro.

A indicação tinha sido divulgada na quarta-feira (15) no perfil oficial do Twitter de Letícia Dornelles, acompanhada de uma foto dela com o cientista político -a publicação posteriormente foi apagada.

Questionada sobre o motivo da exoneração, Letícia, via assessoria de imprensa, disse que é um cargo de confiança e que a equipe está "sendo formada em acordo com a Secretaria Especial da Cultura".

Veja também

Criador do "Castelo Rá-Tim-Bum" realiza oficina gratuita no Festival de Teatro para Crianças de PE
Teatro

Criador do "Castelo Rá-Tim-Bum" realiza oficina gratuita no Festival de Teatro para Crianças de PE

Gilberto Biano, da Banda de Pífanos de Caruaru, morre aos 81 anos
Luto

Gilberto Biano, da Banda de Pífanos de Caruaru, morre aos 81 anos