Exposição

Obras de acervo da Fundaj integram mostra no Museu da Língua Portuguesa

Pesquisador Moacir dos Anjos divide curadoria da exposição temporária "Língua Solta" com a jornalista Fabiana Moraes

Museu da Língua PortuguesaMuseu da Língua Portuguesa - Foto: Governo de São Paulo

Inserida dentro da programação especial pensada para marcar o Dia Internacional da Língua Portuguesa, nesta quarta-feira (5), o Museu da Língua Portuguesa vai expor “Língua Solta”- mostra temporária com curadoria de dois pernambucanos, um deles Moacir dos Anjos, da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), além da jornalista Fabiana Moraes, autora do livro autora de “O Nascimento de Joicy”.

Com atividades que seguem entre os dias 3 e 7 deste mês de maio, o Museu da Língua Portuguesa está com visitação aberta para um público restrito a 160 pessoas - com o máximo de 10 pessoas por vez, entre os dias 4 e 7 de maio, nos horários das 9h30, 10h30, 14h30 e 15h30. Há previsão de reabertura do espaço no próximo semestre.
 

Para ter acesso ao Museu é preciso emitir o ingresso antecipadamente no endereço eletrônico da exposição “Língua Solta” por meio do endereço https://cutt.ly/xbcEOF6. 

Dentre os elementos selecionados para a mostra, o público vai conferir obras do acervo do Centro de Estudos da História Brasileira (Cehibra), da Fundaj, a exemplo de duas colagens do fotógrafo cearense Josias Benício Sampaio e pouco mais de 50 rótulos de aguardente da Coleção Almirante.

Veja também

'Conto com a energia de vocês', diz Julia Gama antes do Miss Universo
Miss Universo

'Conto com a energia de vocês', diz Julia Gama antes do Miss Universo

Juliette diz que será a própria empresária e não gastou R$ 1 do prêmio
Famosos

Juliette diz que será a própria empresária e não gastou R$ 1 do prêmio