Os descaminhos do amor em filme

Em comédia romântica, Mateus Solano vive homem que se esquece da existência da ex-namorada (Thaila Ayala)

Como Treinar Seu Dragão 2Como Treinar Seu Dragão 2 - Foto: Reprodução/Adoro Cinema

 

Um homem recebe uma mensagem na secretária eletrônica. É a amada, dizendo que o namoro entre eles acabou. Mas, aí, ele não consegue se lembrar de quem é de fato aquela moça. Esse é o mote da comédia romântica “Talvez uma História de Amor”, produção do diretor Rodrigo Bernardo que está sendo filmada e tem previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2017. Os atores Mateus Solano e Thaila Ayala interpretam o casal protagonista.
“A Clara é uma menina doce, apaixonada, que tem uma certa ingenuidade. Ao mesmo tempo, ela é decidida e, entre o lado profissional e o namoro, ela fica com o primeiro”, conta Thaila, sobre a sua personagem. Clara recebe um convite para trabalhar em Nova York. Para não se separar do namorado, Virgílio (Solano), ela o convida a se mudar com ela para os EUA. Ele não topa, e a jovem resolve ir sozinha.
“O Virgílio é um cara metódico, que gosta das coisas sempre nos mesmos lugares e controla tudo o que pode. Quando as coisas fogem do controle dele, ele sofre um lapso.

É isso o que vai acontecer quando escutar a mensagem”, explica Solano. Ao ouvir Clara, ele não consegue se lembrar de quem é a moça. Os amigos dele falam da jovem, comentam sobre o namoro deles, mas a memória de Virgílio não retorna. “Então, passa o filme procurando desvendar quem é a mulher e o que ocorreu. Nessa busca, ele acaba se apaixonando por ela de novo”, conta o ator. O elenco ainda conta com Totia Meirelles, Paulo Vilhena e Dani Calabresa, entre outros.
Cenas no Guggenheim

A comédia romântica “Talvez uma História de Amor” foi a primeira produção cinematográfica brasileira a conseguir filmar algumas das cenas no Museu Guggenheim de Nova York. “Consegui marcar uma reunião com a diretora do museu e, só depois que mostrei as cenas que a gente fez dentro do Masp [Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand], eles autorizaram. Acharam incrível que filmamos dentro do museu em São Paulo, entre as obras de arte. Argumentei que, como gravamos no local mais bonito da cidade brasileira, tínhamos que fazer o mesmo em Nova York”, conta Rodrigo Bernardo, diretor do longa-metragem.
O museu é um dos lugares onde Virgílio (Mateus Solano) busca encontrar a ex, Clara (Thaila Ayala). Lá, Solano contracena com a atriz norte-americana Cynthia Nixon, que participou do elenco das famosas séries “Lei e Ordem” e “Sex and the City”. “É necessário ter uma grande precisão para filmar em Nova York. O pessoal do museu foi organizado, o que nos ajudou bastante”, completa Bernardo.

 

Veja também

Quitéria Chagas é coroada 'Eterna Rainha da Império Serrano' pelo YouTube
Celebridades

Quitéria Chagas é coroada 'Eterna Rainha da Império Serrano' pelo YouTube

Datena é internado e passa por procedimento em hospital após sentir dores no peito
TV

Datena é internado e passa por procedimento em hospital após sentir dores no peito