Os livros do Stephen King adaptados para o cinema

Veja os filmes baseados nas obras literárias do Rei do Terror

Gabriel Canfild, colunista de cinemaGabriel Canfild, colunista de cinema - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Stephen King é um dos mais renomados escritores deste século. Conhecido por produzir histórias de fazer gente grande dormir de luz acesa. Das suas obras, as mais conhecidas são: Cemitério de Animais; IT, a Coisa; Christine, o Carro Assassino; À Espera de Um Milagre e muitos outros. Este último, ao contrário do gênero favorito do autor, é um drama de cortar o coração. Na trama, o racismo gritante da sociedade é o suficiente para condenar uma pessoa à morte. A inocência e boas ações do prisioneiro no corredor da morte mostram que a justiça pode ser injusta.

Obras adaptadas:

O livro Cemitério de Animais foi adaptado pelo diretor Kevin Kölsh e Denis Widmter para o cinema, com o nome de Cemitério Maldito. Apesar de ser o produto de um bom livro, o filme só atribui mais clichês para o gênero.

Uma família se muda para uma casa no interior e descobre que, dentro dos seus vintes hectares, há um cemitério para animais domésticos, antes usado por nativos da região. Um local é descoberto durante a trama e mostra ter uma "qualidade" incomum, tudo que é enterrado neste local volta à vida. O que não significa ser uma coisa boa. É interessante a forma como é trabalhada a morte e o medo, mesmo antes de haver algum risco real.

Christine, o Carro Assassino é uma produção de 1983 de John Carpenter. O filme fala sobre da obsessão de um jovem por um Plymouth Fury 1958, que ele chama de Christine. Do fruto deste louco amor entre homem e máquina, sucede uma brincadeira de mau gosto de um valentão e diversas mortes misteriosas.

O Iluminado e Doutor Sono são dois filmes da mesma história, também dividida em dois livros. O primeiro filme foi lançado em 1980 e dirigido por Stanley Kubrick. O segundo foi lançado 39 anos depois e foi dirigido por Mike Flanagan. Ambos discorrem sobre a vida de Danny Torrace. O primeiro trata da descoberta dos seus poderes de iluminado e o seu primeiro contato com uma entidade antagonista, um hotel. O segundo filme fala sobre a forma como ele encontra um escape na bebida e nas drogas para fugir dos seus poderes e as suas responsabilidades.

"IT, a Coisa" é mais uma obra adaptada para o cinema, lançado em dois filmes, um de 2017 e o outro de 2019. Mostra um grupo de crianças que descobre uma ameaça demoníaca em forma de palhaço. Elas empreendem uma jornada para resgate de outras crianças sequestradas pelo demônio, chamado de a Coisa.

O grupo aprende a lidar com seus medos para poder combater o inimigo. No segundo filme, eles, mais velhos, retornam à cidade para tentar matar de uma vez por todas o tormento da infância.

Cada obra do autor tem uma crítica velada em relação aos aspectos obscuros da sociedade. "Carrie, a Estranha", por exemplo, fala sobre o fanatismo religioso. "1922" conta a história de um homem que decide matar a esposa por causa de terras e dinheiro. A verdade é que são mais do que histórias para assustar, são lições para quem tem, ou não, medo do escuro.

Veja também

Sérgio Mallandro afirma que Xuxa teve caso com filho de John Kennedy
Famosos

Sérgio Mallandro afirma que Xuxa teve caso com filho de John Kennedy

Morre Wandenkolk Tinoco, arquiteto símbolo do modernismo
Luto

Morre Wandenkolk Tinoco, arquiteto símbolo do modernismo