A-A+

Famosos

Patrícia Poeta mostra sessões de fono após cirurgia nas amígdalas

Em um longo desabafo nas redes sociais, ela comentou que vai continuar sua recuperação em casa

A apresentadora Patrícia PoetaA apresentadora Patrícia Poeta - Foto: Reprodução/Instagram

A apresentadora Patrícia Poeta, 44, compartilhou com seus seguidores que está fazendo sessões de fonoaudiologia para auxiliar em sua recuperação após precisar fazer uma cirurgia de emergência nas amígdalas no início de setembro.

"Evoluindo dia após dia... O registro aí de cima é de uma das várias sessões de fono que tenho feito nesse período com ela, Leny Kyrillos, minha primeira fonoaudióloga, desde os tempos de Jornalismo em São Paulo, há 21 anos", escreveu na publicação feita em seu Instagram, nesta terça (21).

"Porque como costumo dizer: 'Não deixa a peteca cair!'", continuou a jornalista. Ela relembrou que no início do período de isolamento social, costumava falar a frase para seus seguidores durante lives de ginástica que realizada na rede social.

"Pois nunca imaginei que fosse repeti-la tantas vezes, durante o dia, para mim mesma", completou. "Ótima terça pra todos nós com energia, foco e pensamento positivo sempre!", desejou ao final da legenda da foto. Poeta recebeu alta no dia 10 de setembro, quatro dias após revelar a cirurgia.

Em um longo desabafo nas redes sociais, ela comentou que vai continuar sua recuperação em casa. "Agora, confesso que não tem como passar por um pesadelo desses, depois de vários dias internada, e não refletir sobre tudo que vivi nesse período", afirmou.

"A ficha parece que vai caindo e você, claro, tentando entender melhor as coisas e o porquê de tudo aquilo", refletiu. "O fato é que, às vezes, a vida prega cada surpresa na gente." Ela relatou que não percebeu de cara a gravidade do que estava vivendo.

"Acordei com uma leve dor de garganta, na semana passada", disse. "Tudo parecia sob controle. Estava devidamente medicada, inclusive. Mas o problema é que, em poucas horas, aquela 'pequena inflação', imperceptível a olho nu, já descia até quase a base do pescoço."

Veja também

Empresa usa arte para levar diversidade e inclusão aos ambientes corporativos
Arte e trabalho

Empresa usa arte para levar diversidade e inclusão aos ambientes corporativos

Porta dos Fundos: Peçanha, policial corrupto é um reflexo do Brasil, diz Antonio Tabet
Streaming

Porta dos Fundos: Peçanha, policial corrupto é um reflexo do Brasil, diz Antonio Tabet