internet

Patrick Quinn, promotor do desafio do balde de gelo na cabeça, morre aos 37 anos

Ele sofria de esclerose miotrófica incurável (ELA)

Patrick Quinn morre aos 37 anosPatrick Quinn morre aos 37 anos - Foto: Reprodução/Instagram/#patrickquinn

Patrick Quinn, um dos promotores do popular desafio viral do balde de gelo na cabeça, morreu neste domingo (22), aos 37 anos.

Quinn, de Nova York, foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica incurável (ELA), em 2013. Após sua morte, seu grupo de apoio escreveu em sua página oficial do Facebook que Quinn tinha sido "uma bênção para todos de muitas maneiras".

A campanha viral do balde de gelo arrecadou US$ 220 milhões (mais de R$ 1 bi pela cotação de hoje) para pesquisas contra a doença degenerativa.

Em 2017, o norte-americano Pete Frates, um outro criador do desafio, que viralizou na internet em 2014, morreu aos 32 anos. Ele sofria da mesma doença rara que causa a degeneração do sistema nervoso até levar o paciente à morte.

Desde então, ele e outras pessoas ligadas à causa passaram a divulgar o desafio no qual as pessoas teriam que doar dinheiro para estudos sobre a enfermidade ou tomar um banho de gelo. A campanha se tornou viral após Mark Zuckerberg, criador do Facebook, divulgar o vídeo.

Veja também

Bate-papo sobre bastidores do JGE + peça online no penúltimo dia do festival , esta quarta (27)
JGE

Bate-papo sobre bastidores do JGE + peça online no penúltimo dia do festival , esta quarta (27)

Jane Fonda receberá prêmio honorário do Globo de Ouro por seu ativismo social
Prêmio

Jane Fonda receberá prêmio honorário do Globo de Ouro por seu ativismo social