Teatro

Peça encenada pela atriz pernambucana Hilda Torres circula em turnê na Espanha

Espetáculo "Soledad - A terra é Fogo Sob Nossos Pés" está em cartaz neste mês de outubro, em terras espanholas

Cena de "Soledad - A Terra é Fogo Sob Nossos Pés"Cena de "Soledad - A Terra é Fogo Sob Nossos Pés" - Foto: Divulgação

Sete anos após estreia em palcos pernambucanos e Brasil afora, o espetáculo “Soledad – A Terra é Fogo Sob Nossos Pés” ganha mais um período de circulação internacional, mais especificamente em espaços da Espanha e da Argentina, durante turnê da encenação neste mês de outubro.

Encenada pela atriz pernambucana Hilda Torres, que também é a idealizadora do projeto, “Soledad” – cuja direção é da atriz e diretora nascida na Argentina, Malú Bazán - traz à tona a narrativa sobre a morte, no Recife, da paraguaia Soledad Barret Viedma, assassinada no período do regime militar do País, na década de 1970 – contexto que na época, predominava a intolerância e perseguição à liberdade artística e que, nos tempos atuais, voltar a bater à porta no Brasil.

 

Madrid, Bilbao e Torrelavega são algumas das cidades espanholas que vão receber o espetáculo. Além das apresentações, o Grupo Cria do Palco – à frente da obra – também vai promover debates sobre arte, militância e acerca da conjuntura política do Brasil atual. Em terras argentinas, a peça vai circular em 2023.
 

Crédito: Divulgação

A dramaturgia do espetáculo surge a partir da cronologia da personagem, alcançada através de pesquisas de campo, músicas da época, poesias (inclusive de ex-presos políticos), cartas, entrevistas sistemáticas, acesso a documentos e o contato com familiares – especialmente as parceiras do projeto, Ñasaindy e Ivich Barrett, respectivamente filha e neta de Soledad.

Serviço
“Soledad – A Terra é Fogo Sob Nossos Pés”
Turnê na Espanha/Datas:

- Quinta-feira (13), no Teatro Concha Espina (Torrelavega), às 20h30
- Sexta-feira (14), apresentação e debate na sala Mauro Muriedas (Torrelavega), às 18h
- Sábado (15), oficina de teatro para mulheres na Asociación Eureka (Santander), das 17h às 21h
- Domingo (16), apresentação no Teatrería de Abrego (Oruña de Piélagos), às 20h
- Segunda (17), debate “arte y militancia” em la vorágine (Santander), às 19h30
- Terça-feira (18), encuentro con estudio de actores (Santander) - horário a definir
- Quinta-feira (20), apresentação do espetáculo no café de las artes (Santander), às 20h
- Sexta-feira (21), apresentação na sala Arimaktore (Bilbao), às 20h
- Sábado (22), debate “arte y militancia” em louise michel | Arroka - Bilbao às 19h
- Segunda-feira (24), apresentação em Madri no Espaço Lá Parceria, às 20h

Veja também

Voz ativa
televisão

Voz ativa

Ícone da moda, Iris Apfel morre aos 102 anos
Luto

Reconhecida por seu estilo único, a norte-americana Iris Apfel morre aos 102 anos