Pedro Luis lança 'Vale Quanto Pesa' e propaga obra de Luiz Melodia

As faixas do disco estão nas plataformas digitais e se tornarão CD em janeiro

Cantor Pedro LuisCantor Pedro Luis - Foto: Reprodução/Facebook

Pedro Luis começou em abril passado a fazer shows com o repertório de Luiz Melodia, morto em 2017. Três meses depois, ainda preferia não cantar "Juventude Transviada". O verso "Uma mulher não deve vacilar", que passou ileso em 1976, podia ser rejeitado hoje pelo público feminino.

"Comecei a cantar no bis, e a música foi muito bem recebida por homens, mulheres e não binários. Acho que, por ser do Melodia, parece que a mulher está sendo protegida, e não ofendida", arrisca Pedro Luis.

"Juventude Transviada" virou o single que marcou o lançamento de "Vale Quanto Pesa - Pérolas de Luiz Melodia". As 13 faixas estão nas plataformas digitais e se tornarão CD em janeiro. Nos dias 5 e 6 haverá apresentações no Sesc Bom Retiro. A boa aceitação dos shows confirmou, para Pedro Luis, que a obra de Melodia continua firme e forte. Mas não impediu que ele se incomodasse ao perceber que algumas plateias não conheciam canções como "Pérola Negra" e "Estácio, Holly Estácio".



"Os jovens ainda conhecem pouco. Fiquei me sentindo na responsabilidade de mostrar mais essa obra, que é ímpar", diz. O cantor e compositor tinha 13 anos quando foi lançado, em 1973, "Pérola Negra", disco presente hoje em quase todas as listas dos melhores já lançados no Brasil. A música-título tinha sido interpretada por Gal Costa e "Estácio, Holly Estácio", por Maria Bethânia. O LP ainda trazia outras oito músicas diferentes de tudo o que se conhecia, além de uma voz idem.

Leia também:
'L de Lula' e cantores negros marcam prêmio em homenagem a Luiz Melodia
Pernambucano Vertin alça novos voos na música e no cinema
Bruno Lins se lança em carreira solo com disco 'Vereda Caminho'


"Fiquei muito impressionado", conta Pedro Luis. "Minha família vivia em torno de música, e a gente ouvia de tudo. Eu me reconheci no Melodia, na aversão dele a amarras." Em 2017, ele imaginou recriar no palco o LP de 1973. Ligou para Jane Reis, mulher de Melodia, e ela consultou o marido, que estava ao lado. "O Luiz está perguntando o que você está esperando."

Pedro Luis não esperou muito, mas o show não ficou pronto a tempo de Melodia assistir a ele. Ele morreu em 4 de agosto daquele ano, de câncer. O repertório passou a ter músicas de outros discos, como "Congênito", "Cara a Cara" e "Fadas", que estão no CD de Pedro Luis. Há as que ficaram apenas nos shows, como "Negro Gato" (de Getúlio Côrtes) e duas de "Pérola Negra": "Farrapo Humano" e "Forró de Janeiro".

Emendadas, as canções "Estácio, Eu e Você", "Pérola Negra" e "Magrelinha" se tornaram uma suíte. Todas as regravadas têm arranjos bem diferentes dos originais. A base é guitarra, piano/teclados, baixo e bateria. Também há percussões e cordas.
"Ficou numa linha reggae jazz. Reverenciamos algumas frases, algumas atmosferas, mas não teria sentido repetir nada", destaca Pedro Luis. "O [cantor e compositor] Ian Ramil me disse que eu me aproprio mais das músicas do Melodia do que das minhas mesmo. Deve ser porque tenho intimidade com elas."

Os dois chegaram a se apresentar juntos num show coletivo, em Paris. Em outra ocasião, Pedro Luis recebeu de Melodia uma espécie de atestado: "Você tem uma cara de maluco...". "Vale Quanto Pesa" termina com "Eu Sou o Samba", composição de Zé Keti que Melodia costumava incluir nos shows. É significativo, pois ele, nascido num dos berços do samba, o bairro do Estácio (zona norte do Rio), e filho de sambista (Oswaldo Melodia), sempre misturou os gêneros e as referências. "É o samba sem prisão", entende Pedro Luis.

No programa "Conversa com Bial" dedicado a Melodia, em agosto passado, Pedro Bial contou que viu o artista, diante de uma pichação "Eu sou o samba", acrescentar um "l": "Eu soul o samba".

Vale Quanto Pesa
Músico Pedro Luis
Gravadora Deck
Onde Nas plataformas digitais. A partir de janeiro, também em CD.
Lançamento 5, às 21h, e 6/1, às 18h, no Sesc Bom Retiro

Veja também

Manhãs de Setembro", nova série do Amazon Prime, estreia nesta sexta (25)
Séries

Manhãs de Setembro", nova série do Amazon Prime, estreia nesta sexta (25)

Quadro de Churchill que decorou iate dos Onassis é vendido por US $ 1,8 milhão
Leilão

Quadro de Churchill que decorou iate dos Onassis é vendido por US $ 1,8 milhão