Arte

Pela primeira vez, uma obra de Banksy será leiloada na América Latina

'Thrower (Grey)' irá à venda no dia 10 de fevereiro na Bolsa de Arte de São Paulo

Obra a ser vendida no Brasil é uma das mais icônicas do artista 'misterioso'Obra a ser vendida no Brasil é uma das mais icônicas do artista 'misterioso' - Foto: Divulgação

Leia também

• Pernambucano é finalista do Prêmio São Paulo de Literatura

• Galeria Marco Zero é novo espaço cultural na Zona Sul

• Cepe realiza a 3ª Feira da Literatura Infantil

Conhecido pelo traço nos muros das principais cidades do mundo, como Nova York, e pelo fato de assinar apenas com pseudônimo, o artista inglês Banksy terá uma obra sua vendida pela primeira vez na América Latina. Será o "Thrower (Grey)", trabalho emblemático do artista, que estabelece uma estreita relação com outra obra icônica de sua autoria, intitulada "Anger, the Flower Thrower (ou Love is in the Air)", pintada em 2005 em um muro de Jerusalém e transformada em gravura. O lance inicial não foi anunciado, mas o evento já tem data marcada: será em 10 de fevereiro, na Bolsa de Arte de São Paulo, na capital paulistana. 

A obra que são 3
O trabalho é um tríptico criado em 2019. Segundo a assessoria de imprensa, este é o primeiro experimento de Banksy com a técnica em que aplica o spray diretamente sobre negativos de filme e “revela” o resultado sobre uma tela ou papel. Segundo uma das páginas mantidas pelo artista, isso evita a manipulação por fotografia ou digitalização e cria uma representação analógica super precisa da criação de marcas gestuais.

Os três quadros têm diferentes dimensões. Em cada um deles, Banksy representa um ponto fulcral do grafite que pintou sobre o muro que cerca o território da Cisjordânia. Reverbera, por meio de recortes específicos e precisos – numa montagem quase cinematográfica –, o retrato que havia feito de um jovem palestino, em pose de ataque, prestes a jogar sobre seus opressores um ramalhete de flores coloridas – em clara referência aos movimentos de contracultura e ao “flowerpower”.

Na primeira tela pode-se ver um arranjo floral isoladamente carregado por uma mão ainda anônima. Na segunda imagem emerge o torso do jovem que, com um lenço cobrindo o rosto, se revolta contra a opressão. Enquanto que no quadro menor está representada apenas a mão do homem, sugerindo um futuro para além dos conflitos e injustiças.

Outros exemplares da mesma composição, assinada e com tiragem de 300 cópias, já foram ofertadas anteriormente no mercado secundário. Em março deste ano, uma delas foi vendida pela Tate Ward Auctions por mais de US$ 452 mil, superando em muito as estimativas anteriores ao leilão, que previam um valor entre cerca de US$ 185 mil e 226 mil.

Veja também

Eric Clapton volta a repercutir, ao sugerir 'hipnose de massa' em quem foi vacinado contra Covid-19Pandemia

Eric Clapton volta a repercutir, ao sugerir 'hipnose de massa' em quem foi vacinado contra Covid-19

Ponta de Pedras, em Goiana, recebe Loja Itinerante do Artesanato de Pernambuco Arte

Ponta de Pedras, em Goiana, recebe Loja Itinerante do Artesanato de Pernambuco