Cinema

'Pieces of a Woman' destaca talento da atriz Vanessa Kirby

Drama sobre a perda de um filho é uma das apostas da Netflix na corrida do Oscar 2021

Vanessa Kirby interpreta Martha em 'Pieces of a Woman'Vanessa Kirby interpreta Martha em 'Pieces of a Woman' - Foto: Benjamin Loeb/Netflix

É logo nos seus primeiros momentos que o filme “Pieces of a Woman”, já disponível na Netflix, entrega sua cena de maior intensidade. Trata-se de um plano-sequência de 24 minutos que mostra um parto com resultado trágico. Assim o público é apresentado à jornada de uma mulher tentando juntar seus próprios pedaços após a morte repentina da filha recém-nascida.

Interpretada por Vanessa Kirby, Martha resolveu ter sua primeira filha em casa. O público acompanha o momento tão aguardado pela personagem, que conta com a companhia do marido (Shia LaBeouf) e de uma doula (Molly Parker). As atenções se voltam para cada etapa vivenciada pela mãe, desde as primeiras contrações até a terrível descoberta de que o bebê não sobreviveu. 

Segundo o diretor Kornél Mundruczó, que participou de uma entrevista online realizada na última quarta-feira (6), o plano-sequência foi gravado no primeiro dia de filmagens. Ainda de acordo com ele, foram necessários quatro takes para que a cena ficasse pronta. 

“Planejamos tudo, dividindo a cena como em capítulos. Mas não fomos muito a fundo no ensaio, porque ficamos com medo de acabar perdendo o espírito da coisa na hora de rodar. No final, foi mesmo um milagre, pois conseguimos fazer a sequência com bastante liberdade e espontaneidade”, contou.

Em seu primeiro filme produzido em língua inglesa, o cineasta húngaro dirige um roteiro escrito por sua esposa, Kata Wéber. Os dois já haviam trabalhado juntos em “Deus Branco” (2014) e “Lua de Júpiter” (2017). A trama de “Pieces of a Woman” nasceu de uma perda pessoal do casal, que vivenciou um aborto espontâneo há alguns anos. 

“Tive dificuldade em dividir minha experiência, mas foi como uma terapia para mim. Não se fala muito sobre isso. Então, quebrar o silêncio e escrever acabou sendo um ato de cura, porque me dei conta de que não estava falando só de perda, mas também de amor e de como uma pessoa pode se fortalecer”, compartilhou Kata.

Sem ter a vivência da maternidade, Vanessa Kirby conta que precisou pesquisar para entender como mulheres parecidas com a sua personagem se sentem. Para isso, ela conversou com mães que também perderam seus filhos e chegou a assistir a um parto. A atriz conta que foi a força da história que fez com que ela aceitasse o papel.

“Quando li o roteiro percebi que era um retrato muito incomum do luto. Nunca tinha visto um nascimento mostrado daquela forma no cinema. Senti que era importante fazer o filme, mas também fiquei com medo de representar uma experiência tão assustadora como a morte de um filho”, revelou. 

Uma das apostas da Netflix para Oscar 2021, “Pieces of a Woman” parece ter chances reais de levar algumas estatuetas para casa. Lançado no Festival de Cinema de Veneza e com produção executiva de ninguém menos que Martin Scorsese, o drama garantiu a Kirby o prêmio de melhor atriz no evento italiano. A expectativa é de que o nome da britânica também esteja entre as indicações da Academia das Artes e Ciências Cinematográficas Hollywood, que serão oficialmente conhecidas em março. 

Veja também

Livro de Germana Accioly e nova exposição de Dani Acioli em cartaz na Casa Estação da LuzOlinda

Livro de Germana Accioly e nova exposição de Dani Acioli em cartaz na Casa Estação da Luz

Festival de Vídeos de Dança 'Na Ponta do PÉ' começa nesta sexta (3)Festival

Festival de Vídeos de Dança 'Na Ponta do PÉ' começa nesta sexta