Pisco Lounge completa dois anos reforçando a vocação nikkei

Sob a batuta do chef Saulo Barbosa, cardápio foi reforçado com 15 itens nipo - peruanos

Espetáculo "Carne ou Vodka"Espetáculo "Carne ou Vodka" - Foto: Reprodução/Rogério Alves

 

Um dos pouquíssimos bares no estilo lounge que conseguiram se firmar no Recife, o Pisco bate a marca dos dois anos com boa frequência, sobretudo de quinta a sábado, quando seus sofás ficam disputados por grupos de aniversariantes. Além da atmosfera escurinha e ar-condicionado calibrado, a carta de drinques tem boa variedade. Não valendo desprezar a gastronomia do atual chef executivo Saulo Barbosa, que busca no conceito nikkei - uma miscigenação das culturas peruana e japonesa - suas referências principais.

Para marcar o aniversário, Saulo incluiu 15 novas sugestões distribuídas entre várias categorias, incluindo itens vegetarianos. O sashimi de atum com tempurá de legumes é destaque absoluto - leve, mas super saboroso, como a culinária nipônica rege. Mas a pancetta em cubos (barriga de porco curada) com abacaxi, sour cream (creme azedo) e batata palha faz o contraponto cheio de personalidade. 

Mais classicão, o camarão empanado com parmesão, guarnecido com arroz selvagem no vinho tinto, mais farofa de pão e espuma de maçã verde, é prato que atrai quem não quer se arriscar em sabores mais, digamos, exóticos.

Entre as estreias, duas pedidas para os vegetarianos, bruschetta de brócolis e shimeji em pão australiano, coberta patê de castanha-de-caju e a coxinha de jaca.

 

Veja também

Ana Maria Braga aparece de dreads no Mais Você e gera repercussão nas redes sociais
TELEVISÃO

Ana Maria Braga aparece de dreads no Mais Você e gera repercussão nas redes sociais

Dizer quem foi Alice Guy, a primeira das cineastas, justifica filme narcisista
Audiovisual

Dizer quem foi Alice Guy, a primeira das cineastas, justifica filme narcisista