Poesia

Poeta Wilson Araújo: Dia das Mães e Paulo Gustavo em rimas e versos

Poeta maranhense de alma pernambucana tem suas poesias publicadas semanalmente no Portal Folha de Pernambuco

Dona Hermínia, personagem do ator Paulo GustavoDona Hermínia, personagem do ator Paulo Gustavo - Foto: Reprodução/Instagram

TODO DIA É DIA DAS MÃES

 

Todas as mães, a mãe

numa: mãe coragem!

noutra: mamãe coragem!

A outra, a mesma:

Maria minha fé.

Maria, o teu nome principia

na alma da minha mãe!

Maria do Maranhão:

mulher tão do dia a dia

e do Dia Internacional da Mulher

(nascida em 8 de março).

Mas todo dia é dia internacional

da mulher. Da mãe,

todo dia é um dia muito especial

e espacial: ninguém é gente

mais abrangente que mãe!

Mãe: por atitude da plenitude.

Pai? O homem na mira

da rima em sêmen.

Mãe: grau dez: gravidez,

nascimento, vida e obra

que se desdobra

e como se desdobra! (não é dona Lourdes?)

Mãe: humana extasiada de humanismo!

Nunca dormi com complexo de édipo

nem nunca acordei perplexo de édipo.

Então, no que me concerne

(e com um frenesi

 

no cerne do em si),

Mãe arrebata! Mãe é arrebatada

e arrebatadora! Mãe é arretada!

E arrebenta.

Tantos e muitos são aqueles que,

como eu, habitam o ser

tão da memória

para habitar a grande saúde:

M ã ã ã ã ã ã ã ã e!

 

 

UMA GRANDE MÃE NUMA PEQUENA ODE

 

Ele disse muito bem:

“Rir é um ato de resistência!”

Com amor e humor

ele nos levou (e elevou)

ao nosso melhor rumor:

rir de dar risadas e gaitadas

em gostosas gargalhadas.

- ele: ELA!

Paulo Gustavo:

teu nome é gargalhada geral.

O grande Antônio Cândido homem

falou que “o senso de humor

é a virtude fundamental

e que a sua falta

é um dos dramas do mundo”.

E acrescentou: “pessoa séria demais,

trombuda, é uma coisa assustadora!

O riso é profilático!”

O covid tirou a vida

de um símbolo maior

do nosso melhor estado de espírito

fazendo uma personagem

personificando a expressão

de nossa melhor impressão:

mãe é humano demais!

Paulo Gustavo: teu nome

é gargalhada geral!

 

A gargalhada geral nos deixou

em prantos!

Uma gargalhada geral:

Paulo Gustavo vive!

 

P.S. pelo Brasil que ainda

transparece como um país

inacabado. Inacabado

e com retrocesso em excesso!

Não deixemos a escassez

ocupar a utopia! Utopia!

Eu utopia! Nós utopia!

Abaixo a necropolítica!

 

Wilson Araújo de Sousa (WAS)

Veja também

Criatividade estará em alta

Criatividade estará em alta

Angelina Jolie diz que filha sofreu racismo em tratamento médico
CELEBRIDADES

Angelina Jolie diz que filha sofreu racismo em tratamento médico