Polêmica na França por Polanski presidir os César

Cineasta foi acusado de estuprar uma adolescente de 13 anos em 1977 e se declarou culpado de "relações sexuais ilegais" com uma menor

Roman Polanski ficou conhecido por dirigir filmes como o "Pianista" e "Chinatown"Roman Polanski ficou conhecido por dirigir filmes como o "Pianista" e "Chinatown" - Foto: Guillaume Souvant/AFP

A ministra francesa dos Direitos da Mulheres, Laurence Rossignol, qualificou nesta sexta-feira de "surpreendente e chocante" que o cineasta Roman Polanski, acusado de estupro nos Estados Unidos, presida a entrega dos prêmios César do cinema, em fevereiro.

"É uma eleição que demonstra, de parte dos que decidiram nomear o presidente dos César, uma indiferença sobre fatos reprováveis", declarou a ministra. O diretor de "Tess, uma lição de vida", o "Pianista" e "Chinatown" é acusado pela justiça dos EUA de estuprar uma menor em 1977.

Uma associação feminista já convocou uma manifestação para o dia da cerimônia - 24 de fevereiro - dos César em Paris para protestar contra a presidência de Polanski.

A designação de Polanski é um gesto "indigno diante das numerosas vítimas de estupros e agressões sexuais", avaliou a associação Osez le Féminisme, que já recolheu 25 mil assinaturas para forçar a "destituição" do presidente dos César.

A ex-ministra da Cultura Aurelie Filippetti opinou na véspera que a escolha revela a "liberdade absoluta da Academia", e defendeu que se "deixe Polanski presidir esta cerimônia". "Isto foi algo que ocorreu há 40 anos".

A Academia de Artes e Técnicas do Cinema, que organiza os César, não reagiu à polêmica.

Polanski, hoje com 83 anos, foi acusado na Califórnia em 1977 de estuprar uma adolescente de 13 anos. O cineasta se declarou culpado de "relações sexuais ilegais" com uma menor, mas fugiu dos Estados Unidos antes do veredicto. Polanski vive atualmente na França com sua mulher, a atriz Emmanuelle Seigner.

Veja também

Em sua maior edição, Música Mundo anuncia série de entrevistas como parte de suas atividades
Música

Em sua maior edição, Música Mundo anuncia série de entrevistas como parte de suas atividades

Anitta entra na lista oficial de músicas da posse de Joe Biden e Kamala Harris
Celebridades

Anitta entra na lista oficial de músicas da posse de Joe Biden e Kamala Harris