A-A+

Netflix

Por 'violência extrema', Ministério da Justiça atribui classificação de 18 anos para 'Round 6'

Pasta alega ainda conteúdo sexual e uso de drogas lícitas na série sul-coreana para justificar alteração

Cena da série 'Round 6', da NetflixCena da série 'Round 6', da Netflix - Foto: Divulgação/Netflix

Em portaria publicada no Diário Oficial da União nessa quarta-feira (20), o Ministério de Justiça e Segurança Pública (MJSP) atribuiu à série sul-coreana "Round 6", da Netflix, a classificação indicativa de não recomendada para menores de 18 anos.

A decisão da pasta brasileira, portanto, nega a classificação pretendida e usada pela plataforma de streaming de não recomendada para menores de 16 anos.

O Ministério da Justiça indica que a produção tem "conteúdo sexual, violência extrema e drogas lícitas", o que configura a classificação de 18 anos.

Apesar da recomendação, os nove episódios de Round 6 continuam mostrando na Netflix, nesta quinta-feira (21), a classificação de 16 anos. A reportagem entrou em contato com a emissora e aguarda retorno.

Fenômeno mundial de proporções estrondosas, a série, lançamento mais visto da história da Netflix, está no cerne de polêmicas associadas ao seu enredo. Na história, pessoas falidas entram em jogos infantis para ganhar dinheiro - o detalhe é que quem perde é literalmente morto.

Apesar da própria plataforma indicar a classificação, até então, de 16 anos, e ter perfil com restrições de conteúdos por idade, a série vem sendo assistida por crianças, o que desperta a preocupação de pais e especialistas.

Classificação indicativa
De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Classificação Indicativa (ClassInd) é uma informação prestada às famílias sobre a faixa etária para a qual obras audiovisuais não se recomendam.

São classificados produtos para televisão, mercado de cinema e vídeo, jogos eletrônicos, aplicativos e jogos de interpretação (RPG).

A ClassInd não substitui o cuidado dos pais - é fundamentalmente uma ferramenta que pode ser usada por eles.

Por isso, o MJSP recomenda que os pais e responsáveis assistam e conversem com os filhos sobre os conteúdos e temas abordados na mídia.

Veja também

Duo Barbarize lança 'KiCalor' neste sábado (27)
Música

Duo Barbarize lança 'KiCalor' neste sábado (27)

Rosário Pessoa exibe mais de 20 quadros na sua exposição 'Rosário Cor & Artes'
Arte Abstrata

Rosário Pessoa exibe mais de 20 quadros na sua exposição 'Rosário Cor & Artes'