Porto Musical incentiva o debate sobre as perspectivas do mercado

Evento, que inicia nesta quinta-feira (1º) e segue até sábado (3) - oferece, entre seminários e rodas de conversa, showcases gratuitos

Para o músico Almério, os formatos físico e digital são complementaresPara o músico Almério, os formatos físico e digital são complementares - Foto: Divulgação

Três dias para discutir o mercado da música - do processo de criação ao de distribuição. Essa é a proposta do Porto Musical, que começa nesta quinta-feira (1º) e segue até este sábado (3). No evento, mais de 30 profissionais - entre artistas, produtores, donos de selos e distribuidoras - vão participar de rodas de conversas, encontros e seminários de formação. Além de focar no cenário nacional, a iniciativa se volta à discussão do mercado local, com encontros gratuitos.

De acordo com a organizadora do encontro, Melina Hickson, o momento é propício para as pessoas trocarem informações sobre a profissionalização do cenário musical. "A partir da reunião de diversas pessoas, cada uma divulgando seus trabalhos e fechando negócios, o Porto Musical se consagra como um evento que exporta a cultura brasileira para o restante do mundo", afirma. "Em sua oitava edição, o Porto Musical oferece ao todo 42 atividades, entre gratuitas e pagas, sendo 21 delas apresentações musicais. O público certamente é a peça chave nesse diálogo que estamos proporcionando", continua Melina.


Leia também:
Porto Musical divulga programação completa
Livro 'Vozes Transcendentes: Os novos gêneros na música brasileira' traz vivências de cantores LGBT
[Vídeo] Johnny Hooker e Liniker lançam clipe da música 'Flutua'

Entre os assuntos abordados no Porto Musical, direitos autorais, editais de incentivo, gerenciamento de carreira, financiamento coletivo e distribuição de disco, com foco no formato digital. Para o pernambucano Almério, que se apresenta amanhã, gratuitamente, no palco montado na Praça do Arsenal, a divulgação de álbuns pelas plataformas de streaming é um caminho que facilita o acesso do público ao trabalho do artista. O artista, entretanto, não considera que a mídia física deva ser subestimada em prol das plataformas digitais. "Uma mídia tem que conversar com a outra, em um diálogo constante" alega.

Além de Almério, outros músicos irão integrar os showcases - mais de 15 durante os dias da programação. As apresentações gratuitas - que irão ocorrer na Praça do Arsenal, às 19h - contarão com nomes como Isadora Melo, Banda Eddie, Chico César, Barro, Renata Rosa e Bulldozer (Colômbia).


Inscrições

Ainda é possível se inscrever nos seminários, com taxas de R$ 200, pelo www.sympla.com.br/portomusical2018. O Porto Musical 2018 conta com uma programação de mais de 40 atividades e oferece, além das conferências, seminários e speed meetings, e uma oficina de criação conduzida pelo músico Kiko Dinucci.

Confira a programação completa:

programacao_PortoMusical_2018 by Folha de Pernambuco on Scribd

Veja também

Frevo e Carimbó se encontram em evento virtual do Paço do Frevo
Patrimônio Cultural

Frevo e Carimbó se encontram em evento virtual do Paço do Frevo

Nego do Borel volta a ser criticado por pai de Duda Reis após fotos com Anitta
Celebridades

Nego do Borel volta a ser criticado por pai de Duda Reis após fotos com Anitta