Príncipe Harry denuncia assédio à namorada

Filho mais novo de Diana reclama de "difamação em um jornal nacional" e "sexismo e racismo nas redes sociais", entre outras coisas

Plenário do SenadoPlenário do Senado - Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O príncipe Harry anunciou oficialmente nesta terça-feira (8) o nome de sua nova namorada, a atriz americana Meghan Markle, num comunicado de imprensa denunciando o "assédio" de que ela está sendo vítima.

"Sua namorada Meghan Markle foi alvo de uma série de abusos e assédio", escreveu o Palácio de Kensington, que gerencia a comunicação do príncipe, confirmando pela primeira vez o romance entre o filho mais novo de Diana, de 32 anos, e a atriz de 35, conhecida por trabalhar na série "Suits".

"O príncipe Harry está preocupado com a segurança da Srta. Markle e está profundamente desapontado por não ser capaz de protegê-la. Não é normal que a Srta. Markle sofra uma tal tempestade depois de alguns meses de relacionamento", acrescenta o palácio.

Ele denuncia "a difamação em um jornal nacional", o "sexismo e racismo nas redes sociais", "os combates jurídicos para impedir a publicação de histórias difamatórias" e tentativas de intrusões ilegais de jornalistas ou fotógrafos na casa da atriz.

Harry, quinto na linha de sucessão ao trono britânico atrás de seu pai Charles, seu irmão William e dos dois filhos deste último, "sabe que os comentaristas dirão que é 'o preço que ela deve pagar' ou que 'faz parte do jogo'. Mas isto não é um jogo, esta é a sua vida" e a do príncipe, ainda segundo o comunicado.

O príncipe de Gales, cujas escapadas quando jovem lhe renderam a reputação de ser irresponsável e festeiro, tem tentado nos últimos anos forjar uma imagem mais madura. Seu serviço militar, incluindo no Afeganistão, desempenhou um papel central nessa evolução.

Veja também

'Fazer o certo requer coragem', diz Dani Calabresa sobre acusações contra Marcius Melhem
Assédio

'Fazer o certo requer coragem', diz Dani Calabresa sobre acusações contra Marcius Melhem

Mais de 40 filmes de terror nacionais são exibidos em mostra online
Cinema

Mais de 40 filmes de terror nacionais são exibidos em mostra online