Produtor Harvey Weinstein pode ser preso nesta sexta

Segundo o jornal The New York Times, a polícia está Manhattan está se articulando para prender o produtor Harvey Weinstein, acusado de assediar sexualmente dezenas de mulheres

Produtor Harvey Weinstein Produtor Harvey Weinstein  - Foto: Reprodução/Internet

Investigadores de Manhattan estão se preparando para prender o produtor Harvey Weinstein, 66, na manhã desta sexta-feira (25), diz o jornal The New York Times. Ele vem sendo investigado há meses por assediar sexualmente dezenas de mulheres.

 Ainda segundo o jornal, ele irá encarar acusações de pelo menos uma das supostas vítimas, Lucia Evans, que disse que o produtora forçou a fazer sexo oral nele durante uma reunião de negócios em 2004.

Em outubro do ano passado, atrizes como Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Mira Sorvino e Asia Argento acusaram o magnata do cinema de assédio ou estupro. Na ocasião, ele pediu desculpas, mas negou denúncias de estupro ou retaliações.

Leia também:
Oito mulheres acusam o ator Morgan Freeman de assédio sexual
Uma Thurman acusa Harvey Weinstein de assédio
Nobel de Literatura é adiado após escândalo sexual

Em movimento crescente, atrizes e profissionais do audiovisual passaram a tratar publicamente do caso. Movimentos feministas como o MeToo e o Time's Up ganharam espaço em premiações e festivais, incluindo o último Festival de Cannes, evento em que Weinstein tinha imensa inserção e onde alguns episódios relatados pelas vítimas teriam ocorrido. Na esteira das denúncias contra Weinstein, outros nomes de poderosos vieram à tona –entre eles o do comediante Louis C.K. e, nesta quinta-feira (24), o do ator Morgan Freeman.

Assédio em Hollywood

Confira a seguir um resumo sobre os principais casos de assédio sexual e estupro em Hollywood reportados recentemente.

Harvey Weinstein
No caso que foi o estopim para a avalanche de acusações em Hollywood, o outrora poderoso produtor de 66 anos é acusado de ter assediado e estuprado mulheres ao longo de três décadas. Entre as vítimas estão Angelina Jolie, Ashley Judd e Gwyneth Paltrow. Bob Weinstein, irmão de Harvey, também foi acusado de assédio.

James Toback
Segundo o "Los Angeles Times", mais de 30 mulheres denunciaram o diretor e roteirista de 72 anos de cometer assédio sexual. Autor da reportagem, Glenn Whipp disse ter sido contatado por 193 mulheres com acusações semelhantes contra Toback, autor do roteiro de filmes como "Bugsy" e "O Apostador".

Roman Polanski
Além de ter estuprado uma garota de 13 anos em 1977, o cineasta franco-polonês de 84 anos também é alvo de, pelo menos, outras quatro acusações contra mulheres menores de idade, entre elas a atriz Charlotte Lewis. Em Paris, uma retrospectiva de sua obra foi alvo de críticas por um grupo feminista.

Dustin Hoffman
O ator que tem hoje 80 anos é acusado de ter assediado sexualmente a escritora Anna Graham Hunter, então com 17 anos, no set do telefilme "A Morte de um Caixeiro-Viajante", em 1985. Ele teria falado de sexo para ela e a apalpado. Hoffman se desculpou e disse que aquilo não "reflete" quem ele é.

Brett Ratner
A atriz Natasha Henstridge diz ter sido forçada a fazer sexo oral no diretor de "A Hora do Rush" e "X-Men: O Confronto Final" nos anos 1990. Além dela, outras atrizes e modelos, como Olivia Munn e Jaime Ray Newman, também relatam casos semelhantes envolvendo ele. Rattner, 48, nega as acusações.

Ed Westwick
O ator conhecido por "Gossip Girl" foi acusado de estupro por Kristina Cohen e Aurélie Wynn. Ele nega. A polícia de Los Angeles abriu investigação sobre o primeiro caso. Com isso, a BBC suspendeu a exibição "Ordeal by Innocence". As gravações já iniciadas da segunda temporada de "White Gold", da Netflix, também foram suspensas.

Veja também

Record demite Marcos Mion após 11 anos na emissora, diz colunista
Famosos

Record demite Marcos Mion após 11 anos na emissora, diz colunista

Cinco filmes que merecem continuações
Cinema

Cinco filmes que merecem continuações